Topo

Esporte

Napolitanos protestam contra entrega de cidadania honorária a Maradona

04/07/2017 10h03

Roma, 4 jul (EFE).- Alguns cartazes que protestam pelo evento de amanhã, em que o prefeito de Nápoles entregará o título de cidadão honorário napolitano ao argentino Diego Armando Maradona, apareceram nesta terça-feira em vários pontos da cidade italiana, assinados por torcedores do Napoli.

Os cartazes, pendurados perto do estádio San Paolo e em outras zonas do centro de Nápoles, acusam o prefeito de organizar o evento com Maradona para "ganhar dinheiro e fazer publicidade", segundo a imprensa local.

"Em 5 de julho a cidade não o quer, a não ser um prefeito que procura ganhar dinheiro e fazer publicidade", diz uma das mensagens, dirigidas ao prefeito Luigi De Magistris, que entregará pessoalmente a Maradona a cidadania honorária.

Nos últimos dias alguns políticos napolitanos lamentaram o fato de Maradona ser pago para receber a cidadania, ainda que os organizadores tenham destacado em recentes entrevistas que será com dinheiro de patrocinadores do próprio ex-jogador.

O evento será realizado amanhã na Praça do Plebiscito, como parte das comemorações pelos 30 anos do primeiro título do Napoli no Campeonato Italiano, e estima-se que mais de 30 mil pessoas participarão da festa.

Maradona, que chegará a Nápoles nesta tarde, receberá a cidadania e relembrará com alguns de seus ex-companheiros os momentos mais marcantes do histórica conquista de 1987.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte