Esporte

Fora de casa, River vence Guaraní e fica perto das quartas da Libertadores

05/07/2017 00h11

Assunção, 4 jul (EFE).- Envolvido em uma polêmica onde todos seus jogadores precisarão passar pelo exame antidoping no final da partida, o River Plate derrotou o Guaraní-PAR, na noite de terça-feira, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção (Paraguai), por 2 a 0, pelo confronto de ida das oitavas de final da Taça Libertadores.

Os gols da equipe argentina foram marcados por Scocco, ex-atacante do Internacional, aos 36 minutos do primeiro tempo e Larrondo, aos 42 da etapa final.

Antes do início da partida, a Conmebol anunciou que todos os jogadores do River passarão pelo exame antidoping por conta dos casos positivos de Camilo Mayada e Lucas Martínez, no mês passado.

Mesmo jogando na casa do adversário, o River iniciou a partida no ataque e quase abriu o placar aos quatro minutos, com Alario cabeceando para fora após cobrança de escanteio. Aos 18, mais uma vez os Millonarios ficaram perto do primeiro gol, após Casco cruzar pela esquerda novamente para Alario, raspando a cabeça na bola que passou perto da trave do goleiro Aguilar.

Após algumas tentativas, o primeiro gol argentino saiu em um lance de sorte. Aos 36, Scocco cobrou falta, que desviou na barreira e acabou entrando no canto esquerdo do goleiro do Guaraní. Logo após o gol, houve uma queda de energia no Defensores del Chaco, retornando após quase 15 minutos de paralisação.

No segundo tempo, precisando empatar a partida, o Guaraní pressionou mais o River Plate, que apostou nos contra-ataques. E aos 20 minutos, os paraguaios quase marcaram, com García, que chutou cruzado, mas Batalla fez uma grande defesa salvando o River.

Após chances perdidas dos dois lados, os argentinos ampliaram o placar na reta final do duelo. Aos 42, Pity Martínez cobrou falta pela esquerda na cabeça de Larrondo que não desperdiçou fazendo 2 a 0.

A partida de volta está marcada para o dia 8 de agosto, no Monumental de Núñez, em Buenos Aires. O vencedor do confronto enfrentará Atlético-MG ou Jorge Wilstermann-BOL.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Esporte

Topo