Esporte

Van Niekerk e Lasitskene brilham em dia de grandes marcas na Liga Diamante

06/07/2017 19h21

Redação Central, 6 jul (EFE).- O sul-africano Wayde van Niekerk e a russa Mariya Lasitskene foram os grandes protagonistas da Athletissima, a oitava etapa da Liga Diamante de atletismo, disputada em Lausanne (Suíça), que teve o registro de cinco melhores marcas do ano.

Van Niekerk, conhecido por ter pulverizado o recorde mundial dos 400 metros durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, no ano passado, e por dizer que odeia a prova, parece empenhado em derrubar as marcas da lenda americana Michael Johnson.

Há uma semana, o sul-africano bateu o recorde dos 300 metros, ao percorrer a distância em 30s81, e hoje completou os 400m na mítica pista de Lausanne em 43s62, um tempo 0s04 melhor que o registrado por Johnson no local em 1996.

De quebra, o campeão olímpico, que neste ano já correu os 100m em menos de dez segundos (9s94), os 200 metros e menos de 20 segundos (19s84) e se tornou o melhor do ano nos 400m, mesmo diminuindo o ritmo no final.

Igualmente brilhante esteve a russa Mariya Lasitskene, campeã do salto em altura com 2m06, a apenas três centímetros do recorde mundial da búlgara Stefka Kostadinova, estabelecido em 1987.

Lasitskene, que compete graças a uma liberação da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), abrindo exceção à suspensão aos russos por doping, até colocou o sarrafo em 2m10, mas não obteve sucesso.

Também obtiveram os melhores registros de 2017 a croata Sara Kolak, atual campeã olímpica, que venceu no lançamento de dardo com 68m43, e o etíope Muktar Edris, que triunfou nos 5 mil metros com um tempo de 12min55s23.

A marca seria impensável sem o empurrão do compatriota Selemon Barega, que com apenas 17 anos ajudou Edris a superar o britânico Mo Farah, que neste ano já correu em 13min00s70.

Essas marcas deixaram em um segundo plano as vitórias de duas megaestrelas, o americano Justin Gatlin, nos 100 metros, e a holandesa Dafne Schippers, que nos 200 metros. A vice-campeã nos Jogos do Rio, no entanto, mais uma vez não conseguiu baixar dos 22s, completando a prova em 22s10.

O único brasileiro a participar da oitava etapa da Liga Diamante foi Darlan Romani, no arremesso de peso. Ele ficou em décimo e último lugar, com a marca de 20m07, enquanto o americano Ryan Crouser venceu com 22m39.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo