Topo

Esporte

Jorge Mendes seria responsável por "engenharia" que levou James ao Bayern

Juan Medina/Reuters
James Rodríguez trocou o Real Madrid pelo Bayern de Munique após três anos Imagem: Juan Medina/Reuters

11/07/2017 19h58

O empresário português Jorge Mendes, agente do meia colombiano James Rodríguez, teria sido responsável por criar a operação que o tirou do Real Madrid e o levou para o Bayern de Munique por empréstimo, detalharam à Agência EFE nesta terça-feira fontes ligadas ao jogador.

O clube alemão estaria pagando entre 10 e 15 milhões de euros (R$ 37,1 e R$ 57,5 milhões), pela cessão. Além disso, teria a opção pela compra em definitivo.

O diferencial nesta operação, segundo as informações obtidas com pessoas próximas ao colombiano, é o empréstimo de dois anos. O objetivo do Real Madrid é que o meia se valorize nesse período, conseguindo venda em que recupere boa parte ou todo valor investido.

Em 2014, após James Rodríguez brilhar na Copa do Mundo, o campeão europeu pagou 75 milhões de euros (R$ 278,7 milhões, em valores atuais), para tirá-lo do Monaco.

A contratação do jogador pelo Bayern teria sido um pedido expresso do italiano Carlo Ancelotti, que o treinou no Real. A interferência do ex-comandante, aliás, teria sido crucial para a diretoria rejeitar propostas de clubes da Inglaterra e Itália pela transferência em definitivo.

A esperança em Madri - compartilhada por Jorge Mendes - é que, sob o comando de um técnico vencedor, com grandes chances de brilhar na Liga dos Campeões, James volte a ser um produto com alto valor no futebol mundial.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte