Esporte

The Strongest vai recorrer de suspensão do técnico do clube por 2 anos

14/07/2017 19h42

La Paz, 14 jul (EFE).- O presidente do The Strongest, César Salinas, criticou nesta sexta-feira a suspensão de dois anos imposta por um tribunal esportivo da Bolívia ao técnico do clube, César Farias, e anunciou que vai recorrer da decisão.

"Vamos fazer um recurso correspondente, existe outra instância para recorrer. Volto a reiterar: considero que é injusta a punição que deram ao professor Farías por uma simples palmada", disse.

Na quinta-feira, o Tribunal de Justiça Esportiva da Liga da Bolívia puniu Farías com dois anos de suspensão por uma agressão ao dirigente do Oriente Petrolero Benjamín Saucedo, ocorrida em outubro de 2016.

Salinas indicou que decisões como as do tribunal "desmotivam" porque, há muitos anos, o futebol boliviano não tem um profissional como Farías, que "pratica o ensino no futebol".

"À torcida, quero dizer que o prejudicado não será o César Salinas ou o The Strongest. Mas sim o futebol, porque tiram um bom profissional, que poderia continuar trabalhando pelo bem do nosso futebol", disse o presidente do clube.

O The Strongest pode recorrer ao Tribunal Superior de Disciplina Esportiva da Federação de Futebol da Bolívia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo