Esporte

Thiago Braz decepciona e fica em último na etapa de Rabat da Liga Diamante

Reprodução/Facebook
Thiago Braz terminou em último no salto com vara Imagem: Reprodução/Facebook

16/07/2017 17h57

O campeão olímpico Thiago Braz decepcionou neste domingo (16), ao não conseguir estabelecer marca na prova do salto com vara, na etapa de Rabat, no Marrocos, da Liga Diamante, competição que também teve a presença dos brasileiros Darlan Romani, do arremesso de peso, e Núbia Soares, do salto triplo.

O saltador, que vem tendo participação discreta nas competições após a vitória no Rio de Janeiro, no ano passado, errou as três tentativas de superar a marca de 5m40, ficando longe de repetir o melhor desempenho do ano, que é de 5m60.

Às vésperas do Campeonato Mundial de Atletismo, que será disputado em Londres, no próximo mês, Braz tem apenas a 37ª posição no ranking da temporada do salto com vara, empatado com mais 12 atletas, entre eles, Augusto Dutra.

A melhora marca de 2017 é do americano Sam Kendricks, com 6 metros cravados, alcançados no dia 24 de junho, em Sacramento, nos Estados Unidos.

Neste domingo, em Rabat, a vitória na disputa foi do polonês Pawel Wojciechowski, com 5m93. A prata ficou com o alemão Raphael Holzdeppe, com 5m70, e o bronze para Piotr Lisek, também com 5m70, mas que precisou de um salto a mais para atingir a altura.

No arremesso de peso, Darlan Romani, sétimo melhor da temporada, ficou na sexta colocação nesta etapa da Liga Diamante. O catarinense lançou para 21m08, bem distante dos 21m82 que conseguiu para vencer o GP Brasil de Atletismo, em junho. O ouro foi para o americano Ryan Crouser, com 22m47.

No salto triplo, Núbia Soares, que tem a quarta melhor marca do ano, foi apenas sétima colocada em Rabat, com 13m69, bem longe dos 14m56, que alcançou para vencer o Troféu Brasil, no mês passado. A vitória na prova foi da colombiana Caroline Ibarguen, com 14m51.

Ainda na etapa deste fim de semana da Liga Diamante, a jamaicana Elaine Thompson venceu os 100 metros rasos, com o tempo de 10s87, desbancando por apenas três décimos a marfinense Marie-Josee Ta Lou. O bronze ficou com a trinitina Michelle-Lee Ahye, com 11s02.

Já o canadense Andre De Grasse esteve longe de repetir os melhores momentos da temporada, mas venceu os 200 metros rasos, com 20s03. O americano Ameer Webb terminou em segundo, com 20s18, seguido pelo britânico Zharnel Hughes, com 20s22.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo