Topo

Esporte

Vice-presidente da Fina cobra 10% de propina em contratos, diz jornal

Mark Runnacles/Getty Images
Husain Al-Musallam, vice-presidente da FINA Imagem: Mark Runnacles/Getty Images

19/07/2017 12h21

Londres, 19 jul (EFE).- O vice-presidente da Federação Internacional de Natação (Fina), o kuwaitiano Husain Al-Musallam, foi flagrado cobrando comissões sobre contratos de patrocínio, veiculou nesta quarta-feira o jornal britânico "The Times".

O dirigente, que também é diretor-geral do Conselho Olímpico Asiático, cobra durante uma reunião com uma um agente de marketing, de nacionalidade chinesa, em gravação divulgada hoje pela publicação, 10% de toda a verba que seja definida em futuros acordos.

A notícia foi veiculada apenas três dias antes das eleições da Fina, em que a expectativa é que Al-Musallam seja conduzido novamente à função de vice-presidente, já que não há chapa de oposição.

O Conselho Olímpico Asiático, que o kuwaitiano estava representando no momento em que foi flagrado, garantiu já conhecer a gravação, mas que não houve qualquer pagamento de comissão para qualquer funcionário da entidade.

Em abril do ano passado, Al-Musallam já havia sido citado pela justiça dos Estados Unidos, por suposto envolvimento em caso de corrupção na Federação de Futebol de Guam.
 

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte