Topo

Esporte

Vice-presidente da Fina cobra 10% de propina em contratos, diz jornal

Mark Runnacles/Getty Images
Husain Al-Musallam, vice-presidente da FINA Imagem: Mark Runnacles/Getty Images

19/07/2017 12h21

Londres, 19 jul (EFE).- O vice-presidente da Federação Internacional de Natação (Fina), o kuwaitiano Husain Al-Musallam, foi flagrado cobrando comissões sobre contratos de patrocínio, veiculou nesta quarta-feira o jornal britânico "The Times".

O dirigente, que também é diretor-geral do Conselho Olímpico Asiático, cobra durante uma reunião com uma um agente de marketing, de nacionalidade chinesa, em gravação divulgada hoje pela publicação, 10% de toda a verba que seja definida em futuros acordos.

A notícia foi veiculada apenas três dias antes das eleições da Fina, em que a expectativa é que Al-Musallam seja conduzido novamente à função de vice-presidente, já que não há chapa de oposição.

O Conselho Olímpico Asiático, que o kuwaitiano estava representando no momento em que foi flagrado, garantiu já conhecer a gravação, mas que não houve qualquer pagamento de comissão para qualquer funcionário da entidade.

Em abril do ano passado, Al-Musallam já havia sido citado pela justiça dos Estados Unidos, por suposto envolvimento em caso de corrupção na Federação de Futebol de Guam.
 

Mais Esporte