Esporte

China mantém hegemonia na prova masculina do trampolim de 3 metros

20/07/2017 16h13

Budapeste, 20 jul (EFE).- O chinês Siyi Xie manteve a hegemonia do país, iniciada em 2007, na prova masculina do trampolim de 3 metros dos saltos ornamentais do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, na Hungria.

O atleta, de 21 anos, levou a melhor com pontuação total de 547.10, superando com folga o alemão Patrick Hausding, que ficou com a prata com 526.15 pontos, seguido pelo russo Ilya Zakharov, bronze, com 505.90 pontos.

Em 2007, em Melbourne, Qin Kai iniciou uma série de seis títulos da China na prova. Em Roma 2009, Xangai 2011 e Barcelona 2013, o vencedor foi He Chong. Há dois anos, em Kazan, quem levou a melhor foi He Chao.

O único brasileiro na disputa foi Ian Matos, que ontem acabou sendo eliminado ainda na fase preliminar, ocupando na 37ª posição, entre 56 competidores.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo