Esporte

Chapecoense vai em busca de reverter derrota para Defensa y Justicia

24/07/2017 17h08

Chapecó (SC), 24 jul (EFE).- A Chapecoense receberá nesta terça-feira, às 19h15 (de Brasília), o Defensa y Justicia, da Argentina, precisando reverter desvantagem por ter perdido por 1 a 0, fora de casa, e assim avançar às oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Há quase um mês, no estádio Norberto Tomaghello, em Buenos Aires, a equipe comandada pelo ex-zagueiro Nelson Vivas levou a melhor no duelo com os atuais campeões graças a gol marcado aos 49 minutos do segundo tempo, pelo atacante Nicolás Stefanelli.

Na ida, o técnico da Chape era Vágner Mancini, que acabou demitido devido aos maus resultados no Campeonato Brasileiro, sendo substituído no dia 6 de julho por Vinícius Eutrópio. Desde então, na competição nacional, foram cinco jogos, com duas vitórias, um empate e duas derrotas.

No sábado, a equipe catarinense deu mais um passo no processo de reabilitação e superou o Vitória, na Bahia, por 2 a 1. Com isso, o Verdão do Oeste respirou ainda mais na luta contra o rebaixamento, alcançando a marca de 21 pontos e subindo para a 11ª colocação na tabela.

Para o jogo desta terça-feira, Eutrópio deverá colocar time bastante diferente ao que Mancini escalou no primeiro duelo com o Defensa y Justicia, já que deixou o 4-3-3 de lado, optando por uma formação com mais homens no setor de meio e apenas um atacante, normalmente, Arthur Caike.

O único desfalque para o jogo é o volante Andrei Girotto, que foi expulso no duelo de ida, na Argentina. Fabrício Bruno e Lucas Mineiro, que ficaram fora do duelo com o Vitória, pelo Brasileirão, deverão retornar ao time titular.

A maior expectativa, no entanto, é sobre a possibilidade de Alan Ruschel, um dos três jogadores que sobreviveram a trágica queda do avião que levava a delegação da Chape para a final da Sul-Americana, em 2016, seja relacionado para o duelo, possibilidade que ainda não foi confirmada pelo clube.

O Defensa y Justicia, por sua vez, teve que recorrer a amistosos para suprir a inatividade, já que o Campeonato Argentino, em que terminou na décima posição, entre 30 participantes, foi encerrado no fim de junho. A equipe passou pela seleção sub-20 do país por 2 a 0, e pelo Racing por 1 a 0.

O elenco da equipe sofreu muitas alterações, por exemplo, com a saída de Stefanelli, que acertou com o AIK, da Suécia, e do também atacante Andrés Ríos, atualmente, no Vasco. Por outro lado, algumas caras novas chegaram, como o volante Andrés Cubas e o atacante Ciro Rius, que volta após passagem pelo Lanús, entre outros.

Por causa das mudanças por que passou, inclusive com a saída do técnico Sebastián Beccacece, que voltou a trabalhar com Jorge Sampaoli, agora como auxiliar na seleção argentina, a escalação do algoz do São Paulo na competição, ainda é um mistério.



Prováveis escalações:.

Chapecoense: Jandrei; Apodi, Douglas Grolli, Fabricio Bruno e Reinaldo; Lucas Marques, Lucas Mineiro, Moisés Gaúcho, Luiz Antônio e Seijas; Arthur Kaike. Técnico: Vinícius Eutrópio.

Defensa y Justicia: Arias; Rivero, Bareiro, Alvarado e Delgado; Miranda, Cubas, Pochettino (ou González) e Castellani; Kaprof e Rius. Técnico: Nelson Vivas.

Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai), auxiliado pelos compatriotas Miguel Ángel Nievas e Gabriel Popovits.

Estádio: Arena Condá, em Chapecó.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo