Esporte

Invicto e com problemas, Corinthians busca vaga nas oitavas da Sul-Americana

25/07/2017 16h13

São Paulo, 25 jul (EFE).- Líder do Campeonato Brasileiro com oito pontos de vantagem para o segundo colocado e invicto há 30 partidas, o Corinthians volta a atenção agora para a Copa Sul-Americana, em que enfrentará o Patriotas em Itaquera nesta quarta-feira, pelas oitavas de final, após ter empatado em 1 a 1 no jogo de ida.

O time do técnico Fábio Carille não sabe o que perder desde 19 de março, quando foi derrotado pela Ferroviária por 1 a 0 pelo Campeonato Paulista. Desde então, foi campeão estadual, deixou a Copa do Brasil sem ser derrotado (caiu para o Internacional nos pênaltis), acumulou 12 vitórias e quatro empates no Brasileirão e passou pelo Universidad do Chile com dois triunfos na primeira fase da Sul-Americana.

A invencibilidade esteve muito ameaçada no primeiro jogo contra a equipe colombiana, no dia 28 de junho, no estádio La Independencia, em Tunja. Balbuena marcou o gol de empate no último minuto. Também foi o zagueiro quem balançou a rede na vitória sobre o Fluminense por 1 a 0, no último domingo, pelo campeonato nacional.

Apesar de ser considerado favorito para o duelo na Arena Corinthians, o Timão terá que superar algumas baixas importantes. O zagueiro Pablo e o meia Jadson estão machucados, enquanto o atacante Clayson não pôde ser inscrito na Sul-Americana por já ter defendido a Ponte Preta na competição.

Além disso, Carille anunciou que deverá preservar alguns titulares, desgastados devido à sequência de jogos. Entre os jogadores que podem ganhar um descanso se destacam os laterais Fagner e Guilherme Arana, bem como o meia Rodriguinho e o atacante Ángel Romero.

Os Patriotas, que nesta terça se exercitou no centro de treinamentos do Palmeiras, não fazem uma boa temporada. O time comandado por Diego Corredor foi eliminado ainda na primeira fase do Torneio Apertura colombiano e no Finalización, embora ainda não tenha perdido, é apenas o oitavo colocado, com seis pontos em quatro rodadas.

Na primeira fase Sul-Americana, a equipe de Tunja, fundada em 2003, perdeu para o Everton por 1 a 0 no Chile, mas devolveu o placar como mandante e obteve a classificação nos pênaltis.



Prováveis escalações:.

Corinthians: Cássio; Fagner (ou Leo Príncipe), Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana (ou Moisés); Paulo Roberto, Maycon, Marquinhos Gabriel e Pedrinho; Clayton e Jô. Técnico: Fabio Carille.

Patriotas: Villete; Carreño, Cabezas, Arboleda e Murillo; Rito, Robayo, Angulo e Vásquez; Ibargüen e Gómez. Técnico: Diego Corredor.

Árbitro: Roberto Tobar (Chile), auxiliado pelos compatriotas Raúl Orellana e Edson Cisternas.

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo