Esporte

Irregular no Brasileirão, Flu vai ao Equador atrás de vaga nas oitavas

25/07/2017 12h47

Quito, 25 jul (EFE).- Em meio a campanha instável no Campeonato Brasileiro, o Fluminense encarará nesta quarta-feira, às 19h15 (de Brasília), a Universidad Católica, do Equador, em Quito, em situação confortável, depois de golear na ida, no Maracanã, por 4 a 0.

Na competição nacional, o Tricolor das Laranjeiras vem de revés em casa em duelo com o líder Corinthians por 1 a 0, com isso, aparece na 12ª posição, com 21 pontos. Na campanha, são cinco vitórias, cinco derrotas e seis empates.

Na Sul-Americana, depois de passar pelo Liverpool, do Uruguai, com vitória por 2 a 0, no Maracanã, e derrota por 1 a 0 fora de casa. Há quase um mês, com gols de Henrique Dourado, dois, Richarlison e Wendel, o time deu passo importante para avançar no duelo com a Universidad Católica.

A vantagem é tão confortável que o técnico Abel Braga deverá poupar titulares. O meia Gustavo Scarpa já é desfalque certo, pois sequer embarcou para Quito, e deverá ser substituído por Calazans. Outras peças importante do elenco, que viajaram, podem começar no banco.

Quem também está fora é o lateral-direito Renato, que deixa o Flu sem jogadores da posição para a partida. Com isso, o volante Mateus Norton é presença quase certa, atuando improvisado no lado da defesa. Já o zagueiro Renato Chaves, recuperado de lesão, voltará a ser relacionado, começando no banco de reservas.

O jogo pela segunda fase da Sul-Americana, além disso, pode representar a despedida de Richarlison, apontado como reforço provável do Ajax, da Holanda. O atacante deverá estar no 11 inicial, assim como o artilheiro Henrique Dourado.

A Universidad Católica, que precisa vencer por cinco gols de diferença para avançar, vem com mudanças. O técnico argentino Jorge Célico, que estava no clube há oito anos, assumiu a seleção equatoriana sub-20 e acabou sucedido pelo uruguaio Gustavo Díaz, que estreará na função nesta quarta-feira.

Para o jogo em casa, o time de Quito não terá dois argentinos, que são os principais líderes do elenco. O goleiro Hernán Galíndez deverá dar lugar a Ángel Mosquera. Já o capitão Facundo Martínez seria substituído no meio para Romário Ibarra.



Prováveis escalações:.

Universidad Católica: Mosquera; López, Carabalí, Oñate e Meneses; Gil Romero, Godoy, Prado, Ibarra e Defederico; Cifuentes. Técnico: Gustavo Díaz.

Fluminense: Julio César; Mateus Norton, Frazan, Henrique e Léo; Marlon Freitas, Orejuela e Wendel; Richarlison, Calazans e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga.

Árbitro: Darío Herrera (Argentina), auxiliado pelos compatriotas Ezequiel Brailovski e Iván Núñez.

Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito (Equador).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo