Esporte

Sport perde na Argentina, mas avança na Sul-Americana e pegará a Ponte Preta

27/07/2017 21h10

Sarandí (Argentina), 27 jul (EFE).- Mesmo sem demonstrar o bom futebol que o levou à sexta posição do Campeonato Brasileiro, o Sport se classificou para as oitavas de final da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira ao perder para o Arsenal de Sarandí por 2 a 1 e fazer valer a vitória por 2 a 0 do jogo de ida, há quatro semanas, no Recife.

O Arsenal chegou a ter a vantagem de 2 a 0 no estádio Julio Humberto Grondona, em Sarandí, na província de Buenos Aires, que levaria o duelo para a disputa de pênaltis. Contudo, o único representante do Nordeste no torneio continental descontou com gol de André e passou de fase para um confronto brasileiro com a Ponte Preta, que nesta quarta eliminou o Sol de América, do Paraguai.

O técnico Vanderlei Luxemburgo escalou todos os titulares que teve à disposição, mas mesmo assim o Leão teve dificuldades, principalmente na criação de jogadas. Os donos da casa não demonstravam grande inspiração, mas mesmo assim teve oportunidades e fez 1 a 0 aos 43 minutos do primeiro tempo. Magrão espalmou após chute cruzado da direita. Corvalán bateu para o meio, Rithely não afastou e Brunetta mandou para a rede.

As poucas investidas do campeão pernambucano se davam em contra-ataques mal executados, e o Arsenal continuava dono da partida. Aos 14 minutos, Fragapane tentou, e o goleiro salvou, mas Durval cortou mal. O próprio Fragapane cruzou e Contreras cabeceou para ampliar.

O segundo gol sofrido acordou o Sport, que passou a atacar mais. O time visitante balançou a rede aos 34 minutos, quando Thomás chutou forte e André arrematou na sobra, mas o lance foi anulado por impedimento do centroavante.

Três minutos depois, o camisa 9 voltou a vencer o goleiro Santillo, e desta vez valeu. Rogério abriu na direita para Diego Souza, que dividiu, progrediu e tocou para André, que chutou de primeira e diminuiu.

Embora o adversário precisasse fazer dois gols, a torcida rubro-negra demorou a respirar aliviada. Aos 39, Brunetta arriscou de fora da área, rasteiro, e acertou a trave. Seis minutos depois, Fragapane foi ao fundo pela direita e levantou na medida justamente para o camisa 30, que cabeceou a centímetros do alvo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo