Esporte

Bruno Fratus é prata nos 50m livre, em tarde com 3 ouros para Dressel

29/07/2017 15h39

Budapeste, 29 jul (EFE).- Bruno Fratus conquistou medalha de prata neste sábado nos 50 metros livre do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo disputado em Budapeste, na Hungria, em dia de "trinca" do americano Caeleb Dressel, e de recorde mundial da sueca Sarah Sjostrom.

Na prova mais veloz da natação, o fluminense de Macaé, criado no Rio Grande do Norte, confirmou o favoritismo para estar no pódio, e fechou a disputa com o tempo de 21s27, o melhor da carreira. Dressel, por sua vez, também superou as marcas que já havia estabelecido, com 21s15, arrebatando o ouro.

O britânico Benjamin Proud terminou na terceira colocação, ficando com o bronze, graças ao tempo de 21s43, apenas três centésimos mais rápido que o russo Vladimir Morozov, que ficou na quarta posição.

César Cielo, que foi nono nas eliminatórias e oitavo nas semifinais, fechou a raia, com o tempo de 21s83, ficando atrás do polonês Pawel Juraszek (21s47), do finlandês Ari-Pekka Liukkonen (21s67) e do grego Kristian Golomeev (21s73).

Já Guilherme Guido ficou fora neste sábado da final dos 50m costas do Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, ao terminar as semis na 12ª colocação, em disputa liderada pelo francês Camille Lacourt, atual bicampeão da prova.

O paulista de Limeira, sétimo nos 100m costas, cravou o tempo de 24s91, quase dois décimos melhor que o desempenho das eliminatórias, quando nadou em 25s13, ficando no 14º posto.

Lacourt, que conquistou o ouro em 2013, em Barcelona, e 2015, em Kazan, e é grande favorito a se sagrar campeão mundial mais uma vez, garantiu a primeira colocação com o tempo de 24s30, seguido pelo japonês Junya Koga, que havia liderado as eliminatórias, com 24s44, e pelo americano Matt Grevers, prata há dois anos, que cravou 24s65.

Pouco depois do ouro conquistado nos 50m livre, Dressel venceu a prova dos 100m borboleta, com 49s86, ficando apenas quatro centésimos do recorde mundial, estabelecido pelo compatriota Michael Phelps, há oito anos, no Mundial de Roma.

A prata ficou com o húngaro Kristof Milak, para delírio da torcida da casa, com 50s62, novo recorde mundial júnior. O bronze foi para dois competidores, o singalês Joseph Schooling e o britânico James Guy, que fecharam a disputa com 50s83.

Por fim, Dressel, que também já havia vencido os 100m livre e o revezamento 4x100m livre, ainda ajudou os Estados Unidos a ficarem com o ouro no 4x100m livre misto, em time formado ainda por Nathan Adrian, Mallory Comerford e Simone Manuel.

Os americanos, de quebra, pulverizaram o recorde mundial, que alcançaram dois anos atrás, em Kazan, de 3min23s05, dessa vez nadando em 3min19s60. A prata foi para a Holanda, com 3min21s81, e o bronze para o Canadá, com 3min23s55.

Outra marca histórica superada hoje foi a dos 50m livre feminino, em que Sarah Sjostrom liderou as semifinais com 23s67, superando a marca estabelecida em Roma, em 2009, pela alemã Britta Steffen, de 23s73.

Este foi o segundo recorde quebrado pela sueca nesta edição do Mundial, depois de nadar os 100m livre em 51s71, durante a final do revezamento 4x100m livre para mulheres.

Além disso, Sjostrom ainda venceu os 50m borboleta, com o tempo de 24s60, melhor marca da competição, e apenas 17 centésimos abaixo do recorde mundial, que é dela. A holandesa Ranomi Kromowidjojo, com 25s38, foi prata, e a egípcia Farida Osman, com 25s39, completou o pódio, na primeira medalha para o país na competição.

A americana Katie Ledecky não chegou a vencer com a vantagem que se esperava, mas foi ouro nos 800m livre, com o tempo de 8min12s68. A chinesa Bingjie Li ficou com a segunda posição, com 8min15s46, seguida por Leah Smith, também dos Estados Unidos, com 8min17s22.

Já a australiana Emily Seebohm alcançou a primeira vitória do país neste Mundial, ao vencer os 200m costas, com 2min05s68, melhor marca da carreira. Menos de dois décimos depois, chegou a húngara Katinka Hosszu, com 2min05s85, seguida pela americana Kathleen Baker, com 2min06s48.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo