Topo

Esporte

Cristiano Ronaldo deixa tribunal após uma hora e meia de depoimento

31/07/2017 08h37

Pozuelo de Alarcón (Madri), 31 jul (EFE).- Cristiano Ronaldo deixou nesta segunda-feira o tribunal de Pozuelo de Alarcón, nos subúrbios de Madri, após prestar depoimento por uma hora e meia como investigado em uma denúncia de fraude fiscal no valor de 14,7 milhões de euros.

O atacante português entrou no tribunal de carro pouco antes das 11h (horário local, 6h de Brasília), começou a depor às 11h30 (6h30) e terminou uma hora e meia depois.

Ronaldo entrou no tribunal garagem do edifício onde está situado, evitando assim as duas centenas de jornalistas de 15 países e as 40 câmeras de televisão dispostas em duas fileiras atrás das cercas de segurança que lhe esperavam na porta principal.

O jogador também saiu pela garagem e, após sua saída, o diretor da empresa que administra sua imagem disse que o português não faria declarações.

A procuradoria da Espanha acusa Cristina Ronaldo de criar uma estrutura societária para fraudar 14,7 milhões de euros de forma "consciente" e "voluntária", e lhe responsabilizada por quatro delitos contra a Fazenda Pública cometidos entre 2011 e 2014.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte