Esporte

Ex-presidente acusa diretoria de querer vender Neymar "sem que se note"

02/08/2017 13h12

Barcelona, 2 ago (EFE).- O ex-presidente do Barcelona Joan Laporta acusou nesta quarta-feira a atual diretoria do clube, presidida por Josep Maria Bartomeu, de querer vender Neymar ao Paris Saint-Germain e utilizar um suposto pagamento da multa rescisória do jogador para camuflar a necessidade de negociar o atacante.

"O até logo de Neymar é mais uma prova da incompetência desta diretoria e, por problemas econômicos, precisam vendê-lo sem que se note", afirmou Laporta pelo Twitter.

O atacante brasileiro comunicou nesta manhã ao Barcelona a intenção de deixar a equipe. O clube catalão permitiu o jogador a negociar a transferência, mas deixou claro que só o liberará mediante o pagamento integral da multa rescisória de 222 milhões de euros.
 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo