Topo

Esporte

Família de Cueva, do São Paulo, recebe ameaça com granada e pomba morta

03/08/2017 18h56

Lima, 3 ago (EFE).- A família do meia peruano Christian Cueva, do São Paulo, recebeu ameaça, enviada para a casa do sogro do jogador, localizada na cidade de Trujillo, conforme publica nesta quinta-feira a imprensa local.

Indivíduos, ainda não identificados, deixaram uma granada e uma pomba morta, além de uma carta, na porta da residência.

Agentes da unidade de desativação de explosivos da polícia local chegaram a se deslocar para o local, e precisaram desativar a granada, que estava dentro de uma caixa de sapatos.

A mensagem pedia que o sogro de Cueva telefonasse para um número, para evitar que algo acontecesse com algum integrante da família.

Outra versão é que a carta fosse dirigida, diretamente, para o jogador do São Paulo, cobrando que ele fizesse contato "para encontrar uma solução", ou seja, pagar para impedir qualquer problema.

Ainda de acordo com a imprensa local, o sogro de Cueva registrou boletim de ocorrência junto a uma delegacia de Trujillo, cidade localizada a cerca de 570 quilômetros ao norte de Lima.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte