Esporte

Neymar assina contrato de 5 anos e é oficializado como reforço do PSG

03/08/2017 17h34

Paris, 3 ago (EFE).- O Paris Saint-Germain anunciou nesta quinta-feira a oficialização da transferência de Neymar, que deixa o Barcelona após quatro temporadas e agora assina contrato de cinco anos com o novo clube.

"Estou muito feliz de assinar com o Paris Saint-Germain. Desde que cheguei na Europa, sempre foi uma das equipes mais competitivas e mais ambiciosas", afirmou o brasileiro, em declarações publicadas no site do PSG.

No comunicado, Neymar destacou que, além do desejo do clube de se tornar potência, há ainda uma forte atmosfera para que isso possa acontecer.

"O maior desafio, o que mais me motivou a me juntar aos meus novos companheiros é ajudar o clube a conquistar os títulos que os torcedores querem", disse o sexto brasileiro na equipe que já tem Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Thiago Motta - naturalizado italiano - e Lucas Moura.

O atacante ainda garantiu que está pronto para ser protagonista no PSG a partir desta temporada, em que a equipe disputará Campeonato Francês, a Copa da França, Copa da Liga e Liga dos Campeões da Europa.

"Joguei quatro temporadas na Europa, e me sinto pronto para assumir o desafio. A partir de hoje, farei tudo o que puder para ajudar meus novos companheiros, para abrir novos horizontes para meu clube e para trazer alegria para seus milhões de torcedores em todo o mundo", afirmou.

No texto, em que divulga o acerto, o clube classifica o camisa 10 da seleção como "um dos três melhores jogadores do planeta". O atual vice-campeão francês ainda destaca Neymar como a "aparição" mais brilhante do futebol mundial nos últimos cinco anos.

"É com imensa alegria e orgulho que damos as boas-vindas a Neymar Jr ao Paris Saint-Germain. É hoje um dos melhores jogadores do futebol mundial. Sua mentalidade vencedora, força de caráter e senso de liderança o tornaram um grande jogador. Ele trará uma energia muito positiva para este clube", garantiu o presidente do clube, o catariano, Nasser Al Khelaifi.

Para acertar a contratação do atacante brasileiro, o PSG, através de representantes do jogador, pagou a multa rescisória de 222 milhões de euros (R$ 822,4 milhões), diretamente ao Barcelona, depois da liga profissional do país recusar receber depósito.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo