Esporte

Malignaggi deixa equipe de McGregor e diz que luta com Mayweather é um circo

04/08/2017 13h18

Las Vegas (EUA), 4 ago (EFE).- O americano Paul Malignaggi, ex-campeão do mundo do peso meio-médio, se tornou o mais novo problema para os organizadores da luta entre Floyd Mayweather Jr. e Conor McGregor, ao abandonar o treino do irlandês por considerar que o evento se trata de um circo.

"Não vou participar deste show e muito menos deixar que utilizem minha reputação profissional em algo que se transformou em um autêntico circo", declarou Malignaggi após deixar de trabalhar com McGregor, que fará sua estreia como boxeador.

O descontentamento do americano começou após os representantes do lutador irlandês publicarem nas redes sociais algumas fotos tiradas durante os 12 assaltos que o ex-pugilista lutou como "sparring" contra McGregor.

As imagens, de acordo com Malignaggi, eram todas montagens, e não refletem o que aconteceu no ringue, pois fazem parecer com que tenha perdido para McGregor.

Com 23 vitórias e três derrotas no UFC, o irlandês contratou o ex-campeão como "sparring" para enfrentar o invicto Floyd Mayweather Jr. (49-0, com 26 nocautes) em uma luta de boxe no próximo dia 26, na T-Mobile Arena, em Las Vegas.

No entanto, Malignaggi disse através de sua conta no Twitter que tinha chegado para fazer um trabalho sério e ajudar McGregor, mas que após o episódio das fotos não iria deixar que sua trajetória profissional fosse prejudicada.

As imagens, todas favoráveis a McGregor, sugerem que o irlandês acertou golpes "demolidores" em Malignaggi, que inclusive aparece caído no ringue.

"Essa queda nunca aconteceu por um golpe, ele me empurrou", declarou o ex-pugilista, que desafiou McGregor a revelar as imagens inéditas de toda a sessão, e deixou muito claro que não dirá nada sobre como foi o trabalho nem a estratégia que será adotada contra Mayweather.

Malignaggi relatou que o UFC instalou câmeras em todo o ginásio para gravar cada movimento dos treinos, sem que haja nenhum tipo de privacidade nem de trabalho sério.

Vários boxeadores que também trabalham como "sparrings" com McGregor admitiram que, desde a chegada de Malignaggi, o irlandês dizia que estaria pronto para "uma guerra".

Até o momento, a equipe do lutador europeu não fez nenhum comentário sobre as fotos, as acusações do ex-pugilista e sua saída dos treinos.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo