Esporte

Neymar diz que escolheu PSG por "novo desafio" e quer estrear amanhã

04/08/2017 10h46

Paris, 4 ago (EFE).- Apresentado nesta sexta-feira como grande reforço do Paris Saint-Germain para as próximas cinco temporadas, o atacante Neymar negou que tenha trocado o Barcelona pelo clube francês por dinheiro, garantiu estar em busca de novos desafios na carreira e se disse pronto para estrear já amanhã, contra o Amiens.

"Meu desejo ao vir para o PSG foi buscar um novo desafio, algo diferente. Não foi porque estava incomodado lá (no Barcelona), por querer protagonismo. Nunca busquei isso na minha vida. Vim buscar algo novo, um desafio. Vim buscar os títulos que essa torcida e esse clube merecem. Sou movido a desafios, a buscar algo maior, estar sempre me superando", declarou Neymar em entrevista coletiva concedida na sala de imprensa do estádio Parc des Princes.

O camisa 10 da seleção brasileira admitiu que a decisão de deixar o Barça não foi das mais simples e agradeceu aos ex-companheiros pelos quatro anos de conquistas com a camisa 'blaugrana', as maiores delas a Liga dos Campeões 2014/2015 e o Mundial de Clubes de 2015.

"Foi uma das decisões mais difíceis na minha vida. Estava bem adaptado na cidade, e o Barcelona é um clube grande. Fiz amigos por lá, joguei com grandes jogadores. Foi um momento de tensão, mas estou feliz. Agradeço o carinho dos jogadores do Barcelona, eles me acolheram muito bem quando cheguei do Brasil", destacou o craque, que se disse chateado com torcedores do Barça que o veem como traidor.

"Espero que sejam uma minoria os que pensam assim. Acredito que não faltei com o respeito a ninguém e que todo jogador tem direito a ir embora se acreditar ser conveniente", afirmou.

Contratação mais cara da história do futebol, Neymar custou 222 milhões de euros ao clube parisiense. Embora os valores não tenham sido revelados, o brasileiro teve um considerável aumento de salário, mas assegurou não estar muito preocupado com isso.

"Dinheiro nunca esteve em primeiro lugar para mim. Sempre penso na felicidade da minha família em primeiro lugar, e só tenho a lamentar pelas pessoas que pensam assim", retrucou.

Neste sábado, o Paris Saint-Germain vai estrear no Campeonato Francês diante do Amiens, no Parc des Princes, às 12h15 (de Brasília). Neymar afirmou estar pronto para ser aproveitado pelo técnico Unai Emery.

"Todo mundo sabe que sou fominha. Sou alguém que gosto trabalho, estou à disposição do clube. Se puder jogar (amanhã), vou jogar", declarou.

O presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, esclareceu que foi o clube e não o jogador quem pagou a cláusula de rescisão. O dirigente catariano garante ter feito um bom negócio e acredita que rapidamente ganhará mais dinheiro que o gasto na transferência. "Não há um segundo Neymar no mundo. Em dois ou três anos quero estar aqui novamente para falar sobre isso. Seu valor será, pelo menos, o dobro", previu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo