Topo

Esporte

Reforço dos Clippers, Willie Reed é preso por violência doméstica

06/08/2017 18h43

Miami (EUA), 6 ago (EFE).- O ala-pivô Willie Reed, que recentemente trocou o Miami Heat pelo Los Angeles Clippers, foi preso neste domingo acusado de violência doméstica, após uma discussão com a esposa na noite de sábado.

Reed foi detido em Miami e liberado após pagamento de fiança de US 1,5 mil, conforme apurou a Agência Efe. De acordo com relato policial, o atleta brigou com Jasmine Reed após esta ter lhe pedido o divórcio.

Segundo a fonte, depois que Jasmine falou em separação, o ala-pivô mandou a mulher sair de casa sem levar nada que ele lhe deu de presente. Houve então uma disputa pela bolsa da esposa, que acabou derrubada.

Em seguida, a moça atirou uma vela de cristal no marido, deixou a residência e pediu ajuda a vizinhos, que chamaram a polícia. Ela apresentou marcas de agressão em várias partes do corpo.

Na delegacia, o jogador negou que tenha batido na mulher, mas admitiu que a agarrou pelo vestido, pela bolsa e pelos cabelos. O ala-pivô agora está proibido de se encontrar com a esposa.

No último dia 18, Reed assinou um contrato de um ano com os Clippers pelo valor de US$ 1,5 milhão.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte