Topo

Esporte

Venezuelana supera colombiana ouro no Rio e é campeã mundial no salto triplo

07/08/2017 18h12

Londres, 7 ago (EFE).- A venezuelana Yulimar Rojas superou a colombiana Caterine Ibargüen, atual campeã olímpica, e conquistou nesta segunda-feira a medalha de ouro no salto triplo no Mundial de Atletismo, disputado em Londres.

Com uma marca de 14,91 metros, apenas dois centímetros a mais do que a adversária, Rojas subiu no lugar mais alto do pódio e desbancou Ibargüen, que também era atual bicampeã mundial.

Além disso, o ouro de hoje é uma revanche da final olímpica da prova. Nos Jogos do Rio de Janeiro, a colombiana levou a melhor sobre a venezuelana, que ficou com a medalha de prata.

O terceiro lugar ficou com a cazaque Olga Rypakova, campeã olímpica em Londres 2012 ao superar a própria Ibargüen, prata naquele ano, que terminou a prova com um salto de 14,77 metros.

Nos Jogos Olímpicos do Rio, Rypakova também ficou com a medalha de bronze, atrás de Ibargüen e Rojas.

Ibargüen também perdeu a chance de se tornar a primeira tricampeã mundial no salto triplo. Com a derrota de hoje, ela se mantém empatada com a cubana Yargelis Savigne, que venceu as edições de 2007 e 2009, e com a russa Tatyana Lebedeva, medalha de ouro em 2001 e 2003.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte