Esporte

Kipruto mantém hegemonia queniana nos 3 mil metros com obstáculos

08/08/2017 18h10

Londres, 8 ago (EFE).- Um ano após ter sido campeão olímpico dos 3 mil metros com obstáculos, o queniano Conseslus Kipruto manteve intacta a hegemonia queniana ao conquistar o título do Mundial de atletismo, em Londres.

Muito seguro de sua capacidade, Kipruto deu de ombros para a pressão exercida pelo marroquino Soufiane Elbakkali, que teve de se contentar com a prata. O queniano obteve a marca de 8min14s12, 0s37 de frente para o segundo colocado. O bronze ficou com o americano Evan Jager, vice-campeão nos Jogos do Rio de Janeiro.

O campeão no Rio 2016 sobe um degrau no pódio em relação aos dois Mundiais anteriores, em Pequim (2015) e Moscou (2013), nos quais quem levou a pior contra o tetracampeão Ezekiel Kemboi, também do Quênia. O país africano não perde o título desde 1987, em Roma, onde o ouro foi do italiano Francesco Panetta.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo