Topo

Esporte

Sem Braz na disputa, americano confirma favoritismo e vence no salto com vara

08/08/2017 18h58

Londres, 8 ago (EFE).- O americano Sam Hendricks subiu para 11 a sequência de vitórias e conquistou o título mundial do salto com vara nesta terça-feira em Londres, relegando o francês à medalha de bronze, em prova que não teve a participação do atual campeão olímpico, o brasileiro Thiago Braz.

Hendricks, bronze na Rio 2016, ficou com o título ao ter sido o único a passar da marca de 5m95. O polonês Piotr Lisek ficou com a prata, saltando 5m89, mesma altura que o francês Renaud Lavillenie, que, no entanto, precisou de mais tentativas e por isso teve de se contentar com o bronze.

Lavillenie, lembrado no Brasil pelas vaias que recebeu durante a prova olímpica e a cerimônia de medalhas, buscava a única grande conquista que ainda lhe falta, mas fracassou. Campeão olímpico, campeão mundial em pista coberta e europeu, além de recordista mundial, ele tem agora quatro bronzes (Berlim 2009, Daegu 2011, Pequim 2015 e Londres 2017) e uma prata (Moscou 2013).

Foi a 11ª vitória seguida de Hendricks, a quinta em disputas das quais o francês, campeão olímpico em Londres há cinco anos, também participou. O último revés do americano aconteceu em setembro do ano passado, no meeting de Berlim.

Um ano após a maior glória da carreira, Thiago Braz não pôde disputar o Mundial devido a uma lesão na panturrilha e a dores nas costas, segundo informações divulgadas pela CBAt.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte