Esporte

Grêmio sai atrás, mas vira e volta às quartas da Libertadores após 8 anos

09/08/2017 21h09

Porto Alegre, 9 ago (EFE).- Após uma sequência de quatro eliminações nas oitavas de final da Taça Libertadores, o Grêmio se classificou para as quartas pela primeira vez desde 2009 ao vencer o Godoy Cruz por 2 a 1 de virada nesta quarta-feira, em Porto Alegre.

As oitavas vinham sendo o terror para o Tricolor, que caiu nessa fase nas últimas quatro vezes em que tinha disputado o torneio continental, em 2011 (pela Universidad Católica), 2013 (Independiente Santa Fé), 2014 (San Lorenzo) e 2016 (Rosario Central).

O time gaúcho foi surpreendido pelo adversário, que fez 1 a 0, com Correa. Entretanto, Pedro Rocha decidiu com dois gols, um em cada tempo, e garantiu a classificação, já que na ida, há cinco semanas, o bicampeão da América já havia levado a melhor por 1 a 0 na Argentina.

Na expectativa de ir às semifinais, como há oito anos, quando caiu diante do Cruzeiro, a equipe de Porto Alegre espera agora quem se classificar entre Nacional do Uruguai e Botafogo, que se enfrentarão nesta quinta-feira, no Rio de Janeiro. No primeiro duelo, em Montevidéu, o Alvinegro carioca venceu por 1 a 0.

O goleiro Marcelo Grohe e o atacante Barrios vinham com problemas físicos e foram as principais novidades de Renato para o jogo. Os zagueiros Kanemmann e Pedro Geromel e os meio-campistas Michel e Ramiro, poupados na vitória sobre o Atlético-MG por 2 a 0 no último domingo, pelo Brasileirão, também estiveram em campo.

Por outro lado, o lateral-direito Edilson e o atacante Michael Arroyo estão entregues ao departamento médico e continuaram foram. Já Bolaños se recuperou de contusão, mas ainda não tem ritmo de jogo suficiente.

No 'Tomba', a principal mudança em relação à derrota em casa no mês passado foi a chegada do técnico Mauricio Larriera, que substituiu Lucas Berardi, demitido logo depois do revés na ida. Além disso, o goleiro Rodrigo Rey, capitão do time, foi negociado com o PAOK Salônica. Leonardo Burian foi contratado junto ao Jaguares, do México, e assumiu a posição.

O Tricolor começou o jogo apático, e o goleiro teve de trabalhar duas vezes logo nos primeiros instantes, aos quatro minutos da etapa inicial, em chute de Garro, e aos sete, em cabeceio de Michel para trás que quase se tornou gol contra.

Até que aos 13 minutos a torcida levou o susto e, pelo menos por um momento, se calou. Após desarme no meio de campo, Correa progrediu com liberdade pela intermediária e arriscou. Grohe até desviou, mas a bola tocou no travessão e entrou.

A resposta gremista foi imediata. Aos 16, Luan dominou na meia-lua, cortou e exigiu grande intervenção de Burián, que ainda contou com a ajuda da trave. Pouco depois, aos 17, Kannemann marcou, mas Pedro Geromel, que havia desviado, foi flagrado em posição de impedimento.

Com o passar do tempo, o bicampeão continental foi se tornando o dono da partida, até chegar ao empate, aos 28 minutos. Ramiro enfiou para Luan, que, da ponta direita, finalizou. O goleiro bateu roupa, Barrios recolheu e rolou para Pedro Rocha deixar tudo igual.

Após o gol dos donos da casa, o ritmo caiu. Antes do intervalo, houve apenas mais uma conclusão perigosa, de Barrios, no travessão, aos 42 minutos. Contudo, o argentino naturalizado paraguaio estava impedido.

Na volta do vestiário, logo aos dois minutos, Pedro Rocha tentou cruzar e quase surpreendeu o goleiro, que colocou em escanteio do jeito que deu.

Aos 13, porém, Burían não teve o que fazer. Geromel, o 'Geromito', fez o desarme no campo de defesa, progrediu e deu para Luan, que abriu com Barrios. Da ponta direita, o centroavante acertou a trave, Pedro Rocha conferiu no rebote e virou o placar.

A equipe anfitriã então passou a administrar o resultado, mas tentando manter-se no campo de ataque. Aos 22, Cortez bateu lateral diretamente para a área, Barrios resvalou e Maicon chutou para fora. Quatro minutos depois, Luan fez boa jogada individual, mas errou o cruzamento.

Tranquilo, o Grêmio pouco incomodou depois, mas também não sofreu. O 'Tomba' ainda tentou duas últimas vezes, aos 39 minutos, com Verdugo, e aos 43, com Silva, mas a primeira batida parou em Grohe a segunda foi pela linha de fundo.

Ainda houve tempo para Michel receber cartão vermelho e desfalcar o 'Imortal' na próxima fase. O volante fez falta dura em Correa e, como já tinha o amarelo, foi expulso nos acréscimos, aos 46.



Ficha técnica:.

Grêmio: Marcelo Grohe; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Cortez; Michel, Maicon (Arthur) e Ramiro (Fernandinho); Luan, Pedro Rocha (Marcelo Oliveira) e Barrios. Técnico: Renato Gaúcho.

Godoy Cruz: Burían; Abecasis, Olivares, Galeano e Angileri; Henríquez (Silva), Rodríguez (Verdugo), Giménez e Garro (González); Correa e García. Técnico: Mauricio Larriera.

Árbitro: Enrique Cáceres (Paraguai), auxiliado pelos compatriotas Eduardo Cardozo e Juan Zorrilla.

Cartões amarelos: Michel, Maicon e Fernandinho (Grêmio); Abecasis, Galeano, Henríquez e Olivares (Godoy Cruz).

Cartão vermelho: Michel (Grêmio).

Gols: Pedro Rocha (2x) (Grêmio); Correa (Godoy Cruz).

Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo