Topo

Esporte

Murray desiste do Masters 1.000 de Cincinnati e perderá 1º lugar do ranking

09/08/2017 15h58

Redação Central, 9 ago (EFE).- O britânico Andy Murray anunciou nesta quarta-feira que não disputará o Masters 1.000 de Cincinnati, nos Estados Unidos, e assim perderá a liderança do ranking da ATP para o espanhol Rafael Nadal ou o suíço Roger Federer.

O tenista nascido na Escócia, que está há 40 semanas na ponta da classificação mundial, não atua desde 12 de julho, quando perdeu para o americano Sam Querrey e se despediu nas quartas de final de Wimbledon.

"Infelizmente, não jogarei em Cincinnati, enquanto sigo na minha recuperação. Sempre gostei de jogar ali e espero voltar no ano que vem", afirmou Murray, que tenta superar lesão no quadril para disputar o US Open.

Nadal poderá assumir a liderança do ranking mundial ainda nesta semana. Para que isso aconteça, precisa avançar até às semifinais, pelo menos, do Masters 1.000 de Montreal, no Canadá. Hoje, o espanhol encarará o croata Borna Coric, pela segunda rodada.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte