Esporte

Na Tailândia tropical, hóquei no gelo vive "era de ouro"

01/09/2017 06h00

Noel Caballero.

Bangcoc, 1 set (EFE).- Nas ruas, o termômetro marca 35 graus e a umidade se acumula no ambiente, enquanto um grupo de jovens atletas desfila por uma concorrida avenida de Bangcoc, capital da Tailândia, com uma carga incomum: bastões de hóquei e patins de gelo.

"Muito pouca gente sabe que este esporte é praticado na Tailândia há cerca de 40 anos (...). Na atualidade vivemos uma era de ouro na qual o hóquei no gelo está crescendo em popularidade e número", declarou Sakchai Chinanuvatana, um dos organizadores da liga semiprofissional "Bangkok Ice Hockey" (BIHL, na sigla em inglês).

No sétimo andar de um shopping center no centro de Bangcoc, o 'puck' (disco) desliza a grande velocidade sobre a superfície gelada enquanto os patinadores aceleram pela pista com seus longos bastões.

Das pequenas arquibancadas e no pé da quadra de gelo, mas protegidos por resistentes barreiras translúcidas, vários amantes do esporte observam o desenvolvimento do jogo ao lado de grupos esporádicos de curiosos que não hesitam em fotografar e filmar o evento inusitado.

"Nos últimos anos, crescemos de entre 200 e 300 jogadores até alcançar os atuais 1.400, metade deles da categoria júnior (menores de 18 anos)", disse à Agência Efe Sakchai, de 48 anos e que agora participa como árbitro na competição.

Na tropical Tailândia existem na atualidade até 15 pistas de gelo distribuídas entre a capital e outras cidades importantes como Chiang Mai (norte), Hat Yai (sul), Nakhon Ratchasima (leste) e Phuket (sudoeste).

Mas foi há quatro décadas que o hóquei no gelo chegou ao país graças à contribuição de um marinheiro nipo-siamês e a abertura da primeira instalação habilitada para este esporte.

Após uma longa paralisação brusca pelo fechamento do recinto, a prática do esporte voltou com força.

A liga de Bangcoc foi fundada há cinco anos com quatro equipes e, desde então, não deixou de crescer até os 12 times que disputam a atual edição, e com "propostas" para aumentar o próximo campeonato.

Com normas padronizadas pela Federação Mundial de Hóquei e uma série de "adaptações", as partidas são disputadas duas vezes por semana e nelas participam jogadores (homens e mulheres) locais e uma cota limitada de estrangeiros.

Na capital também existe outro campeonato regular conhecido como Siam Hockey League, onde, em sua maioria, contam com estrangeiros e só possui quatro times.

"O nível é similar, mas na BIHL as equipes estão mais equilibradas porque os jogadores bons estão melhor distribuídos", afirmou Sakchai, que começou a praticar este esporte aos 16 anos e chegou a fazer parte da seleção nacional, que abandonou em 2003.

Além da expansão prevista para iniciar um campeonato feminino, com 60 participantes e quatro equipes, também estão acontecendo jornadas para aproximar os jovens do hóquei no gelo com o objetivo de formar uma base de jogadores.

"São bons, jovens e determinantes, com bom comportamento (...) há um bom futuro", opinou Teerasak Rattanachot, um dos organizadores da BIHL e atacante da seleção tailandesa, onde é um dos rostos mais conhecidos.

Kuala Lumpur, capital da Malásia, foi palco do histórico jogo inaugural de hóquei no gelo em sua estreia como categoria nos Jogos do Sudeste Asiático na segunda quinzena de agosto.

Tailândia, Malásia, Cingapura, Filipinas e Indonésia, nações que desconhecem a neve natural, disputaram a competição com as esperanças de subirem ao degrau mais alto do pódio.

"Vamos lutar pelo ouro", afirmou sem sombras de dúvida, antes de viajar à capital malaia, Teerasak, que, aos 28 anos, deixará a seleção nacional por causa de uma lesão nas costas e passará a ser treinador de jovens promessas.

"Estamos três passos à frente em relação às outras equipes (da região)", comentou Sakchai.

A seleção tailandesa, no entanto, teve que se conformar com a prata ao ser derrotada pelo time filipino, que levou o ouro por apenas um gol de diferença.

A Tailândia conquistou sim o metal dourado nos últimos Jogos Asiáticos de Inverno, que aconteceram na cidade japonesa de Sapporo, em fevereiro, na categoria da primeira divisão (um degrau abaixo das grandes potências asiáticas: Cazaquistão, Coreia do Sul, Japão e China).

Em tal competição, a seleção tailandesa venceu as seleções de Taiwan, Emirados Árabes Unidos, Mongólia, Hong Kong e Cingapura.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo