Esporte

Vitória sobre México colocará Costa Rica na Copa do Mundo de 2018

04/09/2017 16h55

Redação Central, 4 set (EFE).- A seleção de Costa Rica pode garantir classificação para a Copa do Mundo de 2018, nesta terça-feira, caso vença o classificado México, no Estádio Nacional, em San José, em meio a sensação de insegurança no país, depois de ameaça em bomba partida do campeonato nacional.

Os 'Ticos', que foram sensação no Brasil, há pouco mais de três anos, estão na vice-liderança, com 14 pontos, seis a frente de Estados Unidos e Honduras, e sete distante do Panamá. Na última colocação do hexagonal final está Trinidad e Tobago, com três.

A vitória contra os mexicanos, que estão na ponta, com 17 pontos, dará vaga na Copa, independente de qualquer outro resultado nos demais jogos da oitava rodada.

Em caso de empate, os costa-riquenhos precisarão que haja vencedor no duelo entre hondurenhos e americanos, e que os panamenhos tropecem nos trinitinos.

Para o jogo desta terça-feira em San José, a expectativa é que o técnico Óscar Ramírez repita a escalação da vitória sobre os Estados Unidos na sexta-feira, fora de casa, por 2 a 0. O goleiro Keylor Navas e o atacante Marco Ureña, autor dos gols do jogo em Harrison, estão confirmados.

O clima na Costa Rica, ao mesmo tempo em que é de otimismo pela proximidade da vaga na Copa, é de insegurança, devido a suspensão do jogo entre Saprissa e Grecia, pela sétima rodada do Torneio Apertura do Campeonato Costa-Riquenho, devido ameaça de bomba, que acabou não se confirmando.

De acordo com o Ministério de Segurança Pública do país, foi a primeira vez que ocorre uma situação desse tipo em estádio do país, no caso, no estádio Ricardo Saprissa. Cerca de 80 policiais e uma unidade de cães farejadores participaram da operação de buscas na instalação.

Os mexicanos, praticamente, assegurarão a primeira colocação das Eliminatórias da Concacaf se conseguirem os três pontos. Para o jogo, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio não contará com o lateral-direito Néstor Araujo, que está suspenso, além do meias Héctor Herrera e Jesús Dueñas, lesionados.

No estádio Olimpico Metropolitano, em San Pedro Sula, Honduras e Estados Unidos farão duelo crucial na pretensão de ambos, em que o derrotado tem boas chances de ficar relegado a buscar vaga na repescagem intercontinental, para enfrentar o quinto colocado das Eliminatórias asiáticas.

Os anfitriões vão buscar apenas a segunda vitória em quatro compromissos em casa no hexagonal. Até aqui, os comandados pelo colombiano Jorge Luis Pinto, perderam para o Panamá, ganharam de Trinidad e Tobago e empataram com a Costa Rica.

Os americanos, por sua vez, esperam reencontrar o bom futebol do primeiro encontro com os hondurenhos na competição. No Avaya Stadium, em San Jose, o 'US Team' goleou por 6 a 0, com direito a três gols do experiente atacante Clint Dempsey.

Ainda nesta terça-feira, no Estádio Rommel Fernández, na Cidade do Panamá, os donos da casa tentarão se aproveitar do confronto direto entre as duas seleções imediatamente acima na tabela, para conseguir até entrar na zona de classificação para a Copa.

Trinidad e Tobago, por sua vez, vai em busca da vitória, que, provavelmente, será a única forma de manter chances matemáticas de garantir vaga no Mundial em 2018.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo