Esporte

Yamaha decide não substituir Valentino Rossi no GP de San Marino

04/09/2017 13h36

Redação Central, 4 set (EFE).- A Yamaha divulgou nesta segunda-feira que não substituirá no Grande Prêmio de San Marino de MotoGP, que acontecerá no fim de semana, o piloto italiano Valentino Rossi, que se fraturou a perna direita em acidente.

O nove vezes campeão do mundial de motovelocidade sofreu queda na última quinta-feira, durante treino com moto de enduro em Tavullia, na Itália, fraturando tíbia e fíbula.

O Doutor, como é conhecido, foi operado um dia depois do acidente.

De acordo com Yamaha, como Rossi não terá condições de ir para pista no circuito de Misano, o espanhol Maverick Viñales será o único representante do time no GP.

"Toda a equipe Yamaha deseja a Valentino Rossi uma rápida recuperação e espera vê-lo de novo sobre a YZR-M1 o mais rápido possível", diz a equipe, na nota divulgada para a imprensa.

O italiano ocupa a quarta colocação do Mundial de MotoGP, com 157 pontos, 26 atrás do compatriota Andrea Dovizioso, da Ducati, atual líder isolado da competição.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo