Topo

Esporte

Bolívia quebra jejum em La Paz e vence Chile, que vê vaga na Copa ameaçada

05/09/2017 20h02

La Paz, 5 set (EFE).- A seleção do Chile voltou a perder na reta final das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018 - pela terceira vez em quatro partidas -, desta vez para a Bolívia, por 1 a 0, na altitude de La Paz, e vê cada vez mais ameaçada a chance de conseguir uma vaga no Mundial da Rússia.

O gol da vitória boliviana nesta terça-feira foi marcado de pênalti pelo atacante Juan Carlos Arce, ex-Portuguesa, Sport e Corinthians, aos 13 minutos do segundo tempo. A infração foi marcada pelo árbitro colombiano Wilmar Roldán, que viu toque de mão dentro da área do meia Marcelo Díaz após um chute do lateral Jorge Flores.

Com a derrota, o Chile continua com 23 pontos e pode terminar a 16ª rodada da fase classificatória da Conmebol, na pior das hipóteses, em sétimo lugar, fora do G-4, que rende vagas na Copa, e sem a quinta posição, que vale ida à repescagem contra a Nova Zelândia. Já a Bolívia, sem chances de ir à Copa, chegou a 13 pontos e permanece na vice-lanterna.

Nas duas últimas rodadas das Eliminatórias, o Chile vai receber o Equador, que hoje perdeu para o Peru por 2 a 1 em casa, e visitará o Brasil. A Bolívia também vai enfrentar os comandados de Tite, mas em seus domínios, e depois jogará contra o Uruguai em Montevidéu.

Esta foi a primeira vitória boliviana sobre o Chile em La Paz em 17 anos, quebrando assim uma sequência positiva da 'Roja' nas últimas três Eliminatórias, nas quais sempre conseguiu os três pontos.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte