Topo

Esporte

Francês é condenado pela 4ª vez por envolvimento em doping de ciclista

05/09/2017 12h42

Paris, 5 set (EFE).- Um tribunal de Caen, no noroeste da França, condenou nesta terça-feira a nove meses de prisão a Bernard Sainz, conhecido como "doutor Mabuse", por envolvimento em um esquema de doping para ciclistas do país.

De acordo com o jornal "Ouest France", a corte ainda impôs uma multa de 20 mil euros (R$ 74,7 mil), ao homem, de 74 anos.

Outras dez pessoas também foram condenadas por causa do mesmo esquema, no dia 4 de julho deste ano, no entanto, alguns pegaram penas de prisão sem obrigação de cumprimento de pena, por colaborarem com a justiça.

O caso teve origem em uma investigação policial iniciada em 2010, a partir da confissão de alguns ciclistas, amadores e semiprofissionais.

Os envolvidos apontaram que o "doutor Mabuse" seria responsável pela redação de "protocolos de dopagem". Por isso, os atletas pagavam 70 mil euros (R$ 261,7 mil), em depósitos na conta da mulher do acusado, que se apresentava como homeopata.

Esta é a quarta condenação de Sainz, que foi apontado como envolvido em casos de doping de ciclistas profissionais no fimda década de 90, e também em 2014, por promover o uso de substâncias proibidas e exercício ilegal da medicina.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte