Esporte

Viñales crava pole do GP de San Marino; Moto3 tem acidente impressionante

09/09/2017 12h12

Misano Adriático (Itália), 9 set (EFE).- Solitário piloto da Yamaha no Grande Prêmio de San Marino de MotoGP, o espanhol Maverick Viñales cravou a pole position neste sábado no circuito Marco Simoncelli, em dia marcado por acidente cinematográfico na reta final do treino da Moto3.

O dono da única moto da escuderia japonesa, já que o italiano Valentino Rossi não corre a prova por causa de lesão, garantiu a primeira colocação no treino classificatório ao marcar o tempo de 1min32s439, girando 162 milésimos mais rápido que o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati.

Depois de Viñales e do líder da temporada, estará o espanhol Marc Márquez, da Honda, fechando a primeira fila. O três vezes campeão da categoria fez melhor volta em 1min32s636, mas ficou fora da disputa mais cedo, devido queda que sofreu nos instantes finais da sessão.

A segunda fila será composta por Cal Crutchlow, da LCR Honda, o espanhol Jorge Lorenzo, da Ducati, e o francês Johann Zarco, da Tech3 Yamaha, em quarto, quinto e sexto lugares, respectivamente.

Na Moto2, o italiano Mattia Pasini, da Italtrans Kalex, sexto na temporada, terminou na primeira colocação, ao fazer melhor volta em 1min37s390. No segundo lugar ficou o líder da competição, o ítalo-brasleiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, seguido pelo suíço Dominique Aegerter, da Kiefer Suter.

Thomas Lüthi, outro piloto representante da Suíça, que corre pela Intervetten Kalex, larga na sétima posição. O dono da moto número 12 é o segundo colocado na tabela de classificação e está 29 pontos atrás de Morbidelli, faltando seis provas para o fim do campeonato.

Já na Moto3, o momento marcante foi o forte acidente nos instantes finais. O argentino Gabriel Rodrigo, da RBA Mahindra, e a moto dele foi atingida em cheio pelo belga Livio Loi, da Leopard Honda, que acabou sendo lançado para o ar e caiu fortemente no chão. Ambos, apesar da cena impressionante, não se feriram.

A pole position para o GP de San Marino ficou com o italiano Enea Bastianini, da Estrella Galicia 0,0 Honda, que cravou tempo de 1min42s147. Líder da temporada, o espanhol Joan Mir, da Leopard Honda, largará na terceira posição na prova.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo