Esporte

Lazio atropela Milan e segue invicta no Italiano; Inter e Napoli vencem

10/09/2017 18h21

(Atualiza com resultados de Benevento e Torino, e Bologna e Napoli).

Roma, 10 set (EFE).- A Lazio contou com grande atuação do atacante italiano Ciro Immobile, para derrotar neste domingo, em casa, o Milan por 4 a 1, pela terceira rodada do Campeonato Italiano, em dia que a Inter de Milão e o Napoli alcançaram a terceira vitória na competição.

A partida no Estádio Olímpico chegou a ter realização ameaçada por fortes chuvas que caíram na capital italiana. O jogo teve início atrasado em uma hora, para que houvesse condições de as duas equipes entrarem em campo. Na sexta-feira, o duelo entre Sampdoria e Roma, que aconteceria no dia seguinte, em Gênova, foi suspenso, devido a previsão de forte temporada.

Quando a bola rolou na capital italiana, Immobile começou show aos 38 do primeiro tempo, convertendo cobrança de pênalti, após falta do volante marfinense Franck Kessié no meia espanhol Luis Alberto. Quatro minutos depois, o camisa 17 voltou a balançar as redes, com bola rolando, em bela finalização de bate-pronto.

Logo aos 3 da etapa complementar, o atacante fez seu terceiro gol, após receber passe primoroso do meia italiano Marco Parolo - que seria expulso nos acréscimos. Apenas dois minutos depois, Luis Alberto fez o quarto da Lazio. O meia italiano Riccardo Montolivo descontou aos 11 do segundo tempo.

A equipe da capital atuou desfalcada do meia Felipe Anderson, que está lesionado. Outro brasileiro, o zagueiro Wallace, ex-Cruzeiro, deixou o campo ainda no início da etapa inicial, também com problema físico. O volante Lucas Leiva, por sua vez, ficou 90 minutos em campo, e o zagueiro Luiz Felipe entrou na reta final do duelo.

Com a vitória, a Lazio chegou aos sete pontos, subindo para a quarta colocação na tabela. Já o Milan, que até então tinha 100% de aproveitamento no Italiano, segue com seis pontos, ocupando agora o sétimo posto.

Em casa, a Inter de Milão manteve a campanha impecável, ao vencer a Spal por 2 a 0. A equipe repetiu que fez a Juventus, que ontem passou pelo Chievo, também atuando como anfitriã, por 3 a 0. Os 'nerazzurri' ocupam a terceira posição, atrás também do Napoli.

O atacante argentino Mauro Icardi abriu o placar no San Siro aos 27 minutos do primeiro tempo, convertendo cobrança de pênalti. O time do zagueiro Miranda e do lateral-esquerdo Dalbert, ambos titulares, ampliou aos 42 da etapa final, com o atacante croata Ivan Perisic.

Recém-ascendida à primeira divisão do Italiano, a Spal perdeu a invencibilidade e segue com quatro pontos, ocupando a nona colocação. O time conta com o zagueiro Felipe, que se profissionalizou no futebol europeu, tnedo passado também por Udinese, Inter de Milão, entre outros.

O Napoli, com três gols no segundo tempo, bateu o Bologna, fora de casa, por 3 a 0, alcançando saldo de gols positivo de sete, um a menos que a Juve, e igual ao dos 'nerazzurri', que superam pelo número de vezes que balançaram as redes (nove a oito).

O meia-atacante espanhol José María Callejón foi responsável por abrir o placar, aos 21 da etapa complementar. O atacante belga Dries Mertens ampliou aos 38, e o volante polonês Piotr Zielinski fechou a conta três minutos depois.

A equipe do sul do país teve entre os titulares os meias Allan e Jorginho, esse último, que se naturalizou italiano. No Bologna, que segue com quatro pontos, agora em nono lugar, o goleiro Ângelo da Costa passou 90 minutos no banco.

O Torino, que teve o zagueiro Lyanco na reserva - o ex-São Paulo não entrou no jogo - se manteve invicto na competição, agora com sete pontos, ocupando a quinta colocação, ao superar, fora de casa e com direito a muito sufoco, o recém-ascendido Benevento por 1 a 0.

O autor do gol solitário da partida foi o atacante espanhol Iago Falqué, que balançou as redes aos 48 minutos do segundo tempo, deixando o caçula da elite do país na última posição, sendo o único a não pontuar até aqui.

A Fiorentina, que havia perdido os primeiros dois compromissos na competição, se reabilitou em grande estilo. A equipe 'viola' goleou, fora de casa, o Verona por 5 a 0. Os anfitriões, com o resultado, seguem com um ponto na tabela de classificação.

Os gols do jogo foram marcados pelo atacante argentino Giovanni Simeone, pelo atacante francês Cyril Théréau, cobrando pênalti, pelo zagueiro italiano Davide Astori, pelo meia francês Jordan Veretout e pelo meia-atacante português Gil Dias.

A Atalanta, destaque da última temporada, em que conseguiu vaga na Liga Europa, também conseguiu vencer pela primeira vez, depois de sucumbir diante Roma e Napoli. O time do zagueiro Rafael Tolói, titular hoje, superou o Sassuolo por 2 a 1, atuando como mandante.

O atacante dinamarquês Andreas Cornelius e o atacante italiano Andrea Petagna balançaram as redes a favor da equipe de Bérgamo. O meia italiano Stefano Sensi conseguiu descontar para os visitantes.

Outra a alcançar o primeiro resultado positivo foi a Udinese, que passou pelo Genoa, em casa, por 1 a 0. O gol isolado da partida foi anotado pelo meia tcheco Jakub Jankto. O Cagliari, por sua vez, também foi aos três pontos, ao bater o Crotone pelo placar mínimo, graças a gol do atacante italiano Marco Sau.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo