Esporte

Márquez supera Petrucci no fim, vence em San Marino e assume ponta da MotoGP

10/09/2017 12h26

Misano Adriático (Itália), 10 set (EFE).- O espanhol Marc Márquez, da Honda, desbancou o italiano Danilo Petrucci, da Pramac Ducati, e venceu neste domingo o Grande Prêmio de San Marino de MotoGP, de quebra, pulando para a primeira posição do campeonato, ao igualar o número de pontos do italiano Andrea Dovizioso, da Ducati.

Depois de largar em terceiro, o três vezes campeão mundial chegou a pular para a ponta logo depois do sinal verde, mas acabou ultrapassado nas primeiras curvas pelo compatriota Jorge Lorenzo, da Ducati, que, na volta sete acabou sofrendo queda.

Aí entrou em cena Petrucci, que pulou para a ponta e tomou conta da prova, disputada com pista molhada. Já com menos água, Márquez, que perseguiu insistentemente o italiano, conseguiu grande manobra na curva um, assumiu a ponta e cruzou a linha de chegada na frente.

Com o resultado, o espanhol da Honda chegou a 199 pontos, com quatro vitórias e três segundos lugares na temporada. Dovizioso, que terminou em terceiro em San Marino, tem a mesma pontuação, número igual de vitórias, mas chegou em segundo apenas uma vez, o que determina a perda da liderança do Mundial.

Petrucci também subiu ao pódio, repetindo o resultado que alcançou no GP da Holanda, nesta temporada. O piloto da Pramac Ducati, assim, passou a ter 95 pontos, saltando assim para a sétima colocação na tabela de classificação.

O espanhol Maverick Viñales, da Yamaha, fechou a prova de hoje em quarto, indo assim a 183 pontos, se mantendo assim no quarto posto do campeonato. O italiano Michele Pirro, que correu em terceira moto, excepcionalmente inscrita pela Ducati, foi quinto.

A chegada mais inusitada foi a do francês Johann Zarco, da Tech3 Yamaha, que havia conseguido a sexta posição no grid de largada. Metros antes da linha de chegada, a moto de número 5 teve problemas e ele decidiu terminar a disputa correndo, a empurrando. O piloto chegou em 15º, conseguindo marcar um ponto, seu 110º na temporada.

Na Moto2, o ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, caiu na quarta volta, quando liderada a corrida disputada debaixo de forte chuva. Com o abandono, o piloto se manteve com 223 pontos, agora apenas nove distante do suíço Thomas Lüthi, da Intervetten Kalex, que terminou na segunda colocação.

O vencedor do GP de San Marino da categoria foi outro representante da Suíça Dominique Aegerter, da Kiefer Suter, que alcança o topo do pódio pela primeira vez. O malaio Hafizh Syahrin, da Petronas Raceline Kalex, completou o pódio, em terceiro.

O italiano Romano Fenati, da Ongetta Honda, terminou na primeira posição na prova da Moto3. O piloto, assim, reduz em cinco pontos a confortável vantagem do líder do campeonato, o espanhol Joan Mir, da Leopard Honda, que foi segundo e chegou aos 246 pontos. Outro piloto da Itália Fabio Di Giannantonio, da Gresini Honda, ficou em terceiro.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo