Topo

Esporte

Nadal passa sem dificuldades por sul-africano e é campeão do US Open

10/09/2017 20h16

Nova York, 10 set (EFE).- O espanhol Rafael Nadal precisou de apenas três sets para conquistar neste domingo pela terceira vez na carreira o título do US Open, disputado em Nova York, após superar o sul-africano Kevin Anderson.

O número 1 do mundo superou o surpreendente adversário, que começou o quarto Grand Slam como número 32 do ranking mundial, por 3 sets a 0, com parciais de 6-3, 6-3 e 6-4. A partida decisiva durou duas horas e 28 minutos.

Ao todo, Nadal, que nesta temporada já havia sido campeão em Roland Garros, passa a acumular 16 troféus de Grand Slam, ficando a três de se igualar ao suíço Roger Federer, recordista absoluto na história do tênis mundial.

Antes da edição deste ano, o espanhol já havia ficado com o título do US Open em 2010 e 2013, nas duas ocasiões, superando o sérvio Novak Djokovic - que não participou na edição deste ano, por causa de lesão - na decisão.

Anderson, por sua vez, é o terceiro sul-africano a alcançar a final do torneio nos EUA e a ser derrotado. Também na era aberta, em 1965, Cliff Drysdale foi batido por Manolo Santana, outro representante da Espanha. Em 1948, Eric Sturgess perdeu para o americano Pancho Gonzales.

O inédito vice-campeão do US Open, com o desempenho no torneio, saltará para a 15ª colocação no ranking mundial, ficando a cinco postos de igualar o melhor desempenho da carreira, alcançado pela primeira vez em outubro de 2015.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte