Esporte

Mal no Brasileirão, Sport e Ponte se enfrentam pela Sul-Americana

12/09/2017 21h05

Recife, 12 set (EFE).- Em baixa no Campeonato Brasileiro, em que vive fase de escassez de vitórias, Sport e Ponte Preta voltam as atenções para a Copa Sul-Americana, em que se enfrentaram nesta quarta-feira na Ilha do Retiro, em jogo de ida pelas oitavas de final.

O Leão não vence pelo torneio nacional há seis rodadas, quatro derrotas no período. O último triunfo foi sobre o Bahia por 3 a 1 na Arena Fonte Nova, em 30 de julho. No último domingo, a equipe do técnico Vanderlei Luxemburgo foi surpreendido ao perder para o Avaí por 1 a 0, também no Recife, o que o derrubou para a 12ª colocação.

A Macaca também não vem tendo muitos motivos para comemorar. Nas últimas sete partidas que disputou pelo Brasileirão, somou três pontos em apenas uma, contra o Botafogo, no último dia 20. Com isso, aparece apenas em 13º lugar.

Nesta segunda-feira, a torcida rubro-negra recebeu uma má notícia, a grave lesão sofrida pelo meia Everton Felipe, revelação do time pernambucano. O jogador de 20 anos rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo e ficará afastado dos gramados por pelo menos seis meses.

O atacante Rogério, que iniciou a temporada como titular, mas perdeu espaço desde a chegada do experiente treinador, parte como favorito para começar jogando.

Insatisfeita a ponto de vaiar dois de seus maiores ídolos na atualidade, o volante Rithely e o meia Diego Souza, a torcida espera uma reação através da Sul-Americana, que, além de representar um título internacional, classifica para a próxima Taça Libertadores.

"Todo mundo tem que melhorar e se entregar mais. Os torcedores vêm e fazem o seu papel, isso faz parte do futebol. Temos que melhorar porque precisamos vencer", declarou o atacante André.

Entre os visitantes, o técnico Gilson Kleina não poderá contar com o veterano atacante Emerson Sheik, de 38 anos, devido a um desgaste "acima do limite", de acordo com os exames médicos aos quais foi submetido recentemente.

Sem Sheik, Kleina não dará descanso a outros titulares e confirmou que não realizará rodízios no elenco neste momento. "O restante está treinando para colocar a melhor equipe em campo e fazer uma formação forte e um grande jogo. O Sport é forte no seu estádio, mesmo sem estar colhendo resultados positivos nos últimos jogos", analisou Kleina.

A partida de volta entre as duas equipes acontecerá no próximo dia 20, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas. Quem passar terá pela frente Cerro Porteño ou Junior Barranquilla.



Prováveis escalações:.

Sport: Magrão; Samuel Xavier, Henríquez, Durval e Mena; Rithely, Patrick e Diego Souza; Rogério, Lenis e André. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Ponte Preta: Aranha; Nino Paraíba, Marllon, Luan Peres e Danilo Barcelos; Naldo, Fernando Bob e Elton (Renato Cajá); Felipe Saraiva, Lucca e Léo Gamalho. Técnico: Gilson Kleina.

Árbitro: Gustavo Murillo (Colômbia), auxiliado pelos compatriotas Humberto Clavijo e Wilmar Navarro.

Estádio: Ilha do Retiro, no Recife.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo