Esporte

Trio de ataque resolve, e PSG goleia Celtic pelo grupo B; Bayern também vence

12/09/2017 17h48

Glasgow (Escócia), 12 set (EFE).- Com grande atuação do trio de ataque formado por Neymar, Mbappé e Cavani, o Paris Saint-Germain estreou no grupo B da Liga dos Campeões 2017/2018 com uma goleada sobre o Celtic por 5 a 0 em Glasgow nesta terça-feira, enquanto o Bayern de Munique, pela mesma chave, venceu o Anderlecht por 3 a 0 na Allianz Arena.

Embora tenham feito apenas sua segunda partida juntos, os badalados homens de frente do PSG demonstraram sintonia e não deram chances ao time anfitrião no Celtic Park. Cavani marcou duas vezes, Neymar e Mbappé fizeram um, cada, e Lustig, contra, fechou o placar na Escócia.

Na próxima rodada, marcada para o dia 27, haverá o que tem tudo para ser um confronto direto pela liderança do grupo, o primeiro duelo entre o representante francês e o pentacampeão alemão, no Parc des Princes. Em busca da reabilitação, Anderlecht e o hexacampeão escocês medirão forças em Bruxelas.

Desfalcado dos argentinos Di María e Pastore, o PSG teve cinco brasileiros entre os titulares: o lateral-direito Daniel Alves, os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva, o volante naturalizado italiano Thiago Motta e Neymar.

No Celtic, o nome mais conhecido é o do técnico Brendan Rodgers, que dirigiu o Liverpool de 2012 a 2015 e está à frente do atual hexacampeão escocês desde o ano passado.

Como era esperado, o time visitante tomou a iniciativa, atacou mais desde o começo e balançou a rede aos 15 minutos do primeiro tempo, mas o lance foi anulado. Rabiot fez bonito lançamento na esquerda para Kurzawa, que cruzou rasteiro. Cavani, impedido, completou para a rede, e o gol não valeu.

A equipe parisiense manteve o ritmo intenso e abriu o placar três minutos depois. Em mais uma descida em velocidade, Rabiot adiantou para Neymar, que deixou Ralston para trás e deu um toque por cima na saída do goleiro Gordon.

O primeiro ataque de maior perigo dos donos da casa aconteceu apenas aos 21 minutos, em falta de longe. Griffiths bateu bem, mas Aréola, bem posicionado, saltou e espalmou para fora.

Foi apenas um susto para o PSG, que aumentou a vantagem aos 33. Verratti progrediu pela direita e cruzou. Neymar ajeitou de cabeça e Cavani furou feio, mas, atento, Mbappé aproveitou e chutou para fazer o segundo.

O jogo não era dos mais difíceis, e a equipe de Unai Emery marcou o terceiro cinco minutos depois. Kurzawa mandou para o meio da área Cavani foi puxado por Simunovic, e o árbitro marcou pênalti. O próprio uruguaio, batedor oficial do time de Paris, acertou o ângulo esquerdo, deslocou o goleiro e assinalou o terceiro.

O Celtic ainda incomodou mais uma vez antes do intervalo, nos acréscimos, aos 46. Sinclair passou como quis por Daniel Alves e Thiago Silva e encheu o pé para defesa de Aréola.

O segundo tempo começou como o primeiro terminou, com o time escocês atacando. Aos sete minutos, Ralston invadiu a área pela direita e limpou Thiago Motta e Thiago Silva, mas adiantou muito, entregando de presente para o goleiro.

Com o freio de mão puxado, o PSG passou a dar mais espaço para o Celtic, que levou perigo novamente aos 18. Sinclair mostrou habilidade para deixar a marcação para trás perto da linha de fundo e arrematou na saída de Aréola, que bloqueou.

Unai Emery então escalou Draxler, que entrou na vaga de Rabiot e ajudou a equipe parisiense a "acordar". Aos 22 minutos, a bola foi de pé em pé até o meia-atacante alemão, que rolou para Neymar. De primeira, o camisa 10 bateu por cima.

Iniciou-se então um sufoco dos visitantes. Aps 24, Neymar passou para Mbappé, que, perto da marca do pênalti, carimbou a marcação. Um minuto depois, o francês retribuiu e tocou para o brasileiro, que novamente errou o alvo.

Se os atacantes não estavam com a mira calibrada, o PSG transformou o placar em goleada com um gol contra "ensaiado". Aos 37, Draxler cruzou por baixo da direita, Simunovic abriu as pernas, a bola bateu em Lustig e entrou.

Ainda houve tempo para o quinto - o mais bonito da noite em Glasgow. Aos 39, Kurzawa levantou da esquerda por trás da zaga, Cavani completou de peixinho e fechou a conta. A bola ainda bateu na trave antes de entrar.

O Bayern também não teve dificuldades em sua estreia e derrotou o Anderlecht por 3 a 0 na Allianz Arena. A equipe belga teve Kums expulso logo aos dez minutos de bola rolando, e os donos da casa não tiveram misericórdia.

Lewandowski, de pênalti, assinalou o primeiro, aos 12 minutos. Depois do intervalo, aos 20 da etapa final, Thiago Alcantara ampliou. Quem fechou o placar foi Kimmich, deixando o seu aos 45.



Ficha técnica:.

Celtic: Gordon; Ralston, Lustig, Simunovic e Tierney; Brown e Ntcham; Patrick, Roberts (Forrest) e Armstrong (Rogic); Sinclair e Griffiths (Edouard). Técnico: Brendan Rodgers.

Paris Saint-Germain: Aréola; Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva e Kurzawa; Thiago Motta, Verratti e Rabiot (Draxler); Mbappé (Lo Celso), Neymar e Cavani. Técnico: Unai Emery.

Árbitro: Daniele Orsato (Itália), auxiliado pelos compatriotas Riccardo Di Fiore e Lorenzo Manganelli.

Cartões amarelos: Simunovic e Ralston (Celtic); Neymar (Paris Saint-Germain).

Gols: Neymar, Mbappé, Cavani (2x) e Lustig (contra) (Paris Saint-Germain).

Estádio: Celtic Park, em Glasgow (Escócia).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo