Esporte

Massa quer se "sentir importante" para seguir na Williams em 2018

14/09/2017 12h56

Redação Central, 14 set (EFE).- O piloto brasileiro Felipe Massa admitiu, em entrevista publicada nesta quinta-feira no site da Fórmula 1, que negocia com a Williams para permanecer na categoria por mais uma temporada.

"Eu preciso de algo para fazer e tenho de me sentir importante para a equipe. Se isso não for possível, prefiro fazer outras coisas", garantiu o veterano, que chegou a anunciar a aposentadoria em 2016.

Massa voltou para a F-1 depois da surpreendente aposentadoria do alemão Nico Rosberg, substituído na Mercedes pelo finlandês Valtteri Bottas, seu ex-companheiro de Williams. Para o próximo ano, o brasileiro pediu que a escuderia tome logo uma atitude.

"A equipe precisa resolver as possibilidades do próximo ano o mais cedo possível. Caso contrário, você perde chance de assinar com um bom piloto. A maioria das equipes já assinou com pilotos para o ano que vem", avaliou.

Questionado sobre quem poderia sucedê-lo, caso a opção da Williams seja a troca, Massa admitiu que teria dificuldades para conseguir fazer uma escolha.

"Os pilotos que eu sugeriria, já assinaram com outras equipes. Para ser honesto, eu não tenho um nome adequado, que pudesse ser interessante para a equipe", disse o vice-campeão mundial em 2008. EFE

mam/bg

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo