Esporte

Golovkin e Álvarez passam pela pesagem para a luta de sábado em Las Vegas

15/09/2017 23h00

Alejandro Moreno

Las Vegas (EUA), 15 set (EFE).- O campeão invicto cazaque Gennady Golovkin e o mexicano Canelo Álvarez completaram a sessão de pesagem para a aguardada luta de boxe deste sábado, e ambos registraram 72,640 quilos na balança.

O primeiro a fazer a pesagem na MGM Grand Garden Arena de Las Vegas, no estado americano de Nevada, foi Golovkin, de 35 anos, que se mostrou impassível, perfeito, com sorriso de bom menino e uma muita segurança.

Ao atender ao peso limite estabelecido para a categoria de peso médio, o cazaque passou a vez para Álvarez, de 27 anos, que ao subir na balança deu o mesmo peso para a sua estreia na nova divisão.

O pugilista mexicano também se mostrou sorridente, seguro e tranquilo em meio a um ambiente educado e respeitoso entre ambos, cujas se cumprimentaram de maneira cordial.

Golovkin mostrará os seus títulos do peso médio da Federação Internacional de Boxe (FIB), da Associação Mundial (AMB) e do Conselho Mundial (CMB).

O promotor Oscar de la Hoya, dono da Golden Boy Promotions, que administra os interesses de Álvarez, e responsável pela programação da luta, foi o encarregado de estar sempre ao lado de ambos os lutadores. A tradicional foto lado a lado deixou clara a maior envergadura de Golovkin, enquanto Álvarez mostrou estar em forma.

Ao concluir a pesagem, o mexicano reiterou que está pronto para o grande combate, admitiu que as chances de vitória estão divididas em partes iguais e que, no final, o ganhador será quem for mais inteligente no ringue.

"A luta será uma mistura de força, rapidez e inteligência. O que melhor souber combinar todos estes elementos leva a vitória. O que tenho muito claro é que arrisco tudo na luta e por isso me preparei ao máximo", declarou Álvarez (49-1-1, 34 nocautes).

Com um currículo perfeito de 37-0-0, com 34 nocautes, Golovkin ressaltou que respeita Álvarez, que está pronto para fazer uma grande luta e que, independentemente do vencedor, o grande beneficiado do combate será o esporte.

Com milhares de torcedores, a maioria mexicana, que presenciaram a pesagem e sempre apoiaram a Álvarez, a T-Mobile Arena teve todos os cerca de 17 mil assentos vendidos há vários meses, de acordo com os promotores.

O cenário é o contrário do que ocorreu com a luta entre Floyd Mayweather e Conor McGregor, que em 26 de agosto se enfrentaram em um combate considerado uma "farsa" por muitos fãs e que vendeu 14.464 entradas.

O preço dos ingressos para ver a luta entre Golovkin e Álvarez oscila entre os US$ 2,5 mil e será ainda maior para os que tentarem conseguir algum no mercado de revenda na última hora.

Também se espera que o pay-per-view supere os dois milhões de compradores, que terão de desembolsar US$ 70 para ver o combate, lo que garante aos promotores um sucesso econômico.

De la Hoya já anunciou que parte dos lucros será destinada como doação aos que foram prejudicados pelos furacões Harvey e Irma durante a passagem pelos estados do Texas e da Flórida.

"Sabemos do sofrimento de milhares de pessoas que perderam tudo e estaremos sempre ao seu lado. Vamos ajudar ao máximo", destacou De la Hoya.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba seu horóscopo diário do UOL. É grátis!

Mais Esporte

Topo