Esporte

Golovkin: "Meu foco está nos cinturões, e ainda sou o campeão"

17/09/2017 09h14

Las Vegas (EUA), 17 set (EFE).- Apesar do polêmico empate na luta deste sábado na T-Mobile Arena, em Las Vegas, em que defendia os títulos mundiais dos médios de quatro organizações contra o mexicano Canelo Álvarez, o cazaque Gennady Golovkin evitou reclamar do resultado e disse que aceitará um novo combate contra o campeão do cinturão da The Ring.

"Essa foi uma luta real, foi um drama real. Eu ainda tenho todos os cinturões. Meu foco está nos cinturões, e ainda sou o campeão", declarou GGG.

"Não é minha culpa (em relação ao empate). Coloquei pressão em cada round, graças às pessoas que torceram por mim. Sim, a próxima luta eu quero que seja uma luta real", acrescentou.

Golovkin, de 35 anos, tem 19 defesas com sucesso dos seus títulos (2010-2017), sendo que desta vez foram três do peso médio, versão Federação Internacional de Boxe (FIB), Associação Mundial de Boxe (AMB) e Conselho Mundial de Boxe (CMB), a segunda melhor sequência na história do esporte, só superada por Bernard Hopkins entre 1995 e 2005, quando defendeu 20 vezes seu cinturão.

"Os golpes (de Álvarez) não me atingiram com força, e o tive várias vezes nas cordas. Estou pronto para a nova luta se tiver que acontecer, e também para vencê-la", anunciou o cazaque.

"Pressionei-o do começo ao fim, e acredito que fui superior", sentenciou.

O técnico de Golovkin, o mexicano Abel Sánchez, disse não se sentir surpreso com os rumos da luta e com o resultado.

"Nenhuma surpresa. Sabíamos o que iríamos enfrentar nesta luta, que poderia ser uma guerra", comentou.

O ex-pugilista Oscar De La Hoya, dono da Golden Boy Promotions, que administra a carreira de Álvarez, alegou que seu cliente tinha vencido a luta. Mas o que não pode ser explicado é como a juíza Adelaide Byrd, que trabalha em lutas desde 1997, viu o mexicano vencedor em dez dos 12 rounds (marcou 118 a 110 para o campeão da The Ring).

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo