Topo

Esporte

Técnico brasileiro defende convocação de Rafa Márquez para Copa de 2018

18/09/2017 19h46

Nuevo León (México), 18 set (EFE).- O técnico brasileiro Tuca Ferretti, que comanda o Tigres, defendeu nesta segunda-feira que o veterano Rafa Márquez, acusado pela justiça americana de ligação com o narcotráfico, seja convocado para defender a seleção mexicana na Copa do Mundo de 2018.

"É um grande ser humano, um grande homem, pai, marido, jogador. Que bom que tenha voltado hoje. Acredito que este assunto, a cada dia, vai ser melhor esclarecido, e daremos razão a ele", afirmou o treinador, se referindo ao retorno do ex-Barcelona e atualmente no Atlas, aos treinos.

Rafa Márquez foi apontado, após investigação realizada pelo Departamento do Tesouro dos Estados Unidos, como testa de ferro do traficante Raúl Flores Hernández, junto com o cantor mexicano Julión Álvarez e outros 20 cidadãos mexicanos.

"Tomara que ele possa estar na plenitudade física e atlética, porque mentalidade sobra a ele. Que possa chegar na Rússia ajudando a seleção, porque é um jogador que tem muito para contribuir", avaliou o brasileiro, que jogou no Botafogo.

Hoje, Márquez, que já negou qualquer envolvimento com narcotráfico, treinou com portas fechadas, no centro de treinamento do Atlas.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte