Esporte

McEnroe aponta europeus como favoritos contra o resto do mundo na Copa Laver

19/09/2017 14h36

Praga, 19 set (EFE).- O ex-tenista americano John McEnroe, capitão da equipe do resto do mundo na primeira edição da Copa Laver, afirmou que a seleção europeia, comandada pelo sueco Björn Borg e que conta com Roger Federer e Rafael Nadal, é a "grande favorita" ao título da competição, que será disputada neste fim de semana em Praga, na República Tcheca.

"Obviamente, a equipe da Europa é a grande favorita", declarou McEnroe, que conquistou sete troféus de Grand Slam e permaneceu durante 170 semanas como primeiro colocado no ranking da ATP ao longo da carreira.

Este torneio amistoso, criado em homenagem ao lendário tenista australiano Rod Laver, reunirá durante três dias os melhores europeus da atualidade contra uma seleção formada por jogadores do resto do mundo.

A cada dia serão disputadas três partidas de simples e uma de duplas. As vitórias valerão um ponto no primeiro dia, dois no segundo e três no terceiro. A primeira equipe a somar 13 pontos levará o troféu, que estará em disputa na pista coberta da O2 Arena de Praga a partir de sexta-feira.

"(O sistema de pontos) é muito, muito interessante, porque tudo pode ser decidido no domingo. Vai haver um grande tênis. Todos estão querendo jogar e todos querem ganhar", comentou o Borg, que tem no currículo 11 títulos de Grand Slam e 109 semanas como melhor do mundo.

Com cinco representantes no top 10 da ATP e sob as ordens de Björn Borg, a equipe da Europa terá o espanhol Rafael Nadal (atual número 1 do mundo), o suíço Roger Federer (2º), o alemão Alexander Zverev (4º), o croata Marin Cilic (5º), o austríaco Dominic Thiem (7º) e o tcheco Tomas Berdych (19º).

A seleção do resto do mundo, comandada por John McEnroe, contará com os americanos Sam Querrey (16º), John Isner (17º) e Jack Sock (21º), o australiano Nick Kyrgios (20º), o argentino Juan Martín del Potro (24º) e o canadense Denis Shapovalov (51º).

"Como capitão, é preciso saber escolher o jogador adequado contra o adversário, e por isso trouxe também o meu irmão", disse McEnroe sobre a ajuda que terá de seu assistente, Patrick McEnroe.

O capitão americano, que quando jogador apresentava um temperamento explosivo nas quadras, afirmou que mostrará um estilo comedido ao dirigir a equipa.

"Se começo a gritar com os meus jogadores e isso faz com que eles joguem pior, então é uma má ideia. Depende muito do jogador, mas se posso ajudar um pouco no momento adequado, então tenho a sensação de que fiz um bom trabalho", acrescentou.

Na opinião de Borg, as partidas de duplas podem fazer a diferença no torneio, além de atrair os olhares de todo o mundo por conta das parcerias.

"Acredito que os jogos de duplas vão ser muito importantes. E também acho que o mundo inteiro vai querer ver, certamente, Federer e Nadal jogarem lado a lado como dupla", afirmou.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo