Esporte

Comitê Executivo oficializa Liga das Nações da Uefa a partir de 2018

20/09/2017 20h08

Redação Central, 20 set (EFE).- A Uefa aprovou nesta quarta-feira o regulamento da Liga das Nações, uma nova competição que a partir do ano que vem será disputada pelas 55 seleções europeias e dará algumas vagas na Eurocopa de 2020, além de reduzir o número de amistosos.

O comitê executivo da entidade deu o último passo para a implementação do torneio, que será realizado em setembro do ano que vem, sete anos após começar a ser planejado, com o objetivo de melhorar a qualidade e o prestígio do futebol de seleções.

As 55 participantes serão divididas em quatro ligas (A, B, C e D) segundo o ranking de coeficientes de seleções da Uefa em novembro de 2017, após o fim das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018.

A primeira fase da Liga das Nações acontecerá em seis rodadas, com duplos confrontos previstos para setembro, outubro e novembro do ano que vem. As ligas A e B terão 12 seleções cada uma, divididas em quatro grupos de três. A liga C será composta por 15 seleções (um grupo de três e outros três de quatro), e a D terá 16 (quatro grupos de quatro seleções).

Os vencedores de cada grupo da liga A jogarão as semifinais em junho de 2019, e a final e a decisão do terceiro lugar acontecerão no mesmo mês. A sede desta fase decisiva será escolhida pelo Comitê Executivo da Uefa em dezembro de 2018 entre os países finalistas.

Os últimos colocados dos grupos de cada liga serão rebaixados para a edição seguinte do torneio, que será disputado na temporada 2020-2021, e os primeiros das ligas B, C e D serão promovidos.

O sorteio da fase de grupos da Liga das Nações acontecerá em Lausanne no dia 24 de janeiro de 2018, quando também será revelado o troféu a ser erguido pelo campeão.

A Liga das Nações influirá ainda no processo de classificação para a Eurocopa de 2020. As tradicionais eliminatórias continuarão a existir, com as seleções divididas em dez grupos para que os primeiros e os segundos colocados de cada um garantam vaga.

Os quatro lugares restantes da Euro virão da Liga das Nações, através de uma repescagem que será realizada em março de 2020. Segundo a Uefa, as quatro divisões da competição darão quatro vagas nesta repescagem - para suas correspondentes semifinais e final, com cada vencedor se classificando para a Euro.

Se algum dos participantes da repescagem já tiver se classificado para a Euro por meio das eliminatórias convencionais, seu lugar será repassado ao melhor colocado seguinte na mesma divisão. E se em uma das ligas não houver seleções ainda não classificadas suficientes para preencher a semifinal de sua repescagem, os lugares ficarão com seleções de outra liga, considerando sua posição no ranking geral. EFE

omm/id

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo