Esporte

City goleia, vê United vencer "apenas" por 1 a 0 e lidera sozinho no Inglês

23/09/2017 16h13

(Atualiza com resultado de Leicester e Liverpool).

Redação Central, 23 set (EFE).- O Manchester City goleou neste sábado o lanterna Crystal Palace por 5 a 0, em casa, e colocou ligeira vantagem sobre o Manchester United, que superou fora de seus domínios o Southampton pelo placar mínimo, em jogos válidos pela sexta rodada do Campeonato Inglês.

Sem Gabriel Jesus, que foi poupado e passou 90 minutos no banco de reservas, o time comandado pelo espanhol Josep Guardiola precisou de 44 minutos para abrir o placar, justamente com o substituto do ex-Palmeiras na partida, o meia-atacante alemão Leroy Sané.

Na etapa complementar, quem apareceu foi o atacante inglês Raheem Sterling, que marcou aos 6 e aos 14. O atacante argentino Sergio Agüero balançou as redes aos 34, e o meia inglês Fabian Delph fechou a conta dez minutos depois.

Com a vitória, o City, que teve o volante Fernandinho entre os titulares, e o lateral-direito Danilo entrando ainda aos 29 do primeiro tempo, no lugar do francês Benjamin Mendy, chegou aos 16 pontos, ampliando o saldo de gols para 19.

O Manchester United, que havia começado a rodada empatado em todos os critérios com o rival local, acabou deixando de ser colíder do Inglês, apesar de ter conquistado mais três pontos, já que venceu o Southampton "apenas" por 1 a 0 e agora leva a pior no saldo por 19 a 15.

O gol isolado da partida foi anotado pelo atacante belga Romelu Lukaku, aos 20 minutos do primeiro tempo, em finalização de cabeça. Esse foi o sexto gol do camisa nove, em seis rodadas da competição, que o coloca na ponta da artilharia, ao lado de Agüero e do espanhol Álvaro Morata.

O centroavante do Chelsea foi o grande nome na goleada sobre o Stoke City por 4 a 0, fora de casa. O resultado manteve a equipe londrina a três pontos dos dois times de Manchester, ocupando a terceira colocação na competição.

Morata fez o primeiro, o terceiro e o quarto gols do 'Blues'. Outro espanhol, Pedro, completou a lista de goleadores da partida para o time de Willian, titular hoje - David Luiz foi poupado e, sequer, ficou no banco de reservas.

Mais cedo, na abertura da sexta rodada, o Tottenham tomou susto nos minutos finais, mas venceu duelo londrino com o West Ham por 3 a 2, em jogo com grande atuação do centroavante inglês Harry Kane, que mexeu no placar duas vezes.

O dinamarquês Christian Eriksen também marcou para os 'Spurs'. O mexicano Chicharito Hernández fez o primeiros dos anfitrões aos 20 da etapa final, cinco minutos antes de o lateral-direito marfinense Serge Aurier ser expulso e deixar os visitantes com um a menos. O meia senegalês Cheikhou Kouyaté fez o segundo dos 'Hammers' aos 42.

O Liverpool, por sua vez, passou pelo Leicester por 3 a 2, fora de casa, e chegou aos 11 pontos, subindo provisoriamente para a quinta colocação, após começar a rodada no oitavo posto, em grande atuação de Philippe Coutinho, que voltou a marcar após pedir para ser negociado com o Barcelona.

Aos 15 minutos do primeiro tempo, o brasileiro serviu o atacante egípcio Mohamed Salah, que abriu o placar. Pouco depois, aos 23, balançou as redes, em bela cobrança de falta. Nos acréscimos da etapa inicial, o meia japonês Shinji Okazaki fez gol em jogada confusa, descontando para os 'Foxes'.

Na etapa complementar, o meia inglês Jordan Henderson fez o terceiro do Liverpool aos 23. No minuto seguinte, o centroavante inglês Jamie Vardy fez o segundo dos anfitriões. Aos 28, o camisa 9 teve nova oportunidade, em cobrança de pênalti que acabou defendida pelo goleiro Simon Mignolet.

O Everton reencontrou a vitória após quatro jogos sem levar a melhor, ao passar pelo Bournemouth, em casa, por 2 a 1. O herói para os 'Toffees' foi o atacante senegalês Oumar Niasse, que entrou no lugar do veterano Wayne Rooney aos 10 do segundo tempo e balançou as redes aos 32 e 37, virando o placar.

O Watford garantiu três pontos ao vencer o Swansea, fora de casa, por 2 a 1. O atacante Richarlison, ex-América Mineiro e Fluminense, foi responsável por garantir o resultado, ao balançar as redes aos 45 minutos do segundo tempo.

Em jogo envolvendo duas das surpresas da competição, Burnley e Huddersfield empataram em 0 a 0, ficando assim, na nona e oitava colocações, respectivamente.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo