Esporte

Márquez vence em Aragón e aumenta vantagem para rivais na MotoGP

24/09/2017 12h56

Alcañiz (Espanha), 24 set (EFE).- O espanhol Marc Márquez, da Honda, conquistou importante vitória neste domingo no Grande Prêmio de Aragón, aumentando ainda mais a vantagem na liderança da MotoGP, já que o italiano Andrea Dovizioso, da Ducati, terminou em sétimo.

O líder da temporada travou duelo espetacular com o compatriota Jorge Lorenzo, da Ducati, que largou em segundo, atrás de outro piloto da casa Maverick Viñales, da Yamaha, mas pulou para a ponta logo que foi acionado o sinal verde.

Márquez lutou muito e conseguiu retomar a ponta na 16ª volta, não permitindo mais que nenhum rival o alcançasse. Com a vitória tranquila, o três vezes campeão mundial chegou aos 224 pontos na tabela, abrindo 16 para Dovizioso.

Lorenzo só conseguiu chegar na terceira colocação, já que foi superado na reta final, também, pelo espanhol Dani Pedrosa, que ajudou a Honda a alcançar a terceira dobradinha nesta temporada.

Viñales, por sua vez, conseguiu terminar na quarta posição, reduzindo para 12 pontos a distância para Dovizioso, que segue vice-líder, apesar da apagada sétima posição.

Atração do fim de semana, o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, conseguiu chegar na quinta colocação, 24 dias após sofrer duas fraturas na perna direita, devido acidente sofrido em treino com moto de enduro, em Tavullia, na Itália.

Na Moto2, brilhou mais uma vez a estrela do ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Marc VDS Kalex, que venceu e se recuperou de abandono em San Marino. Com isso, o líder da temporada chegou aos 248 pontos, 21 na frente do suíço Thomas Luthi, da Intervetten Kalex, que chegou em quarto.

O pódio do GP de Aragón da categoria secundária foi completado pelo italiano Mattia Pasini, da Italtrans Kalex, e o português Miguel Oliveira, da Red Bull KTM Ajo, segundo e terceiro colocados, respectivamente.

Já na Moto3, deu a lógica, e o espanhol Joan Mir, da Leopard Honda, venceu pela oitava vez em 14 etapas. O piloto apresentou pilotagem tão agressiva que acabou punido por direção perigosa nas voltas finais, perdendo seis posições no grid de largada da próxima prova da competição.

No GP do Japão, o líder da temporada ficará com o título, sem depender do resultado do italiano Romano Fenati, Ongetta Honda, segundo no campeonato e apenas décimo na corrida de hoje, caso alcance a segunda colocação.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo