Topo

Esporte

Técnico do Chile nega relaxamento de jogadores nas Eliminatórias

28/09/2017 16h44

Redação Central, 28 set (EFE).- O técnico argentino Juan Antonio Pizzi garantiu nesta quinta-feira que a seleção chilena, atualmente, fora da zona de classificação para a Copa do Mundo de 2018, nas Eliminatórias sul-americanas, não caiu de rendimento devido falta de disposição dos jogadores.

"Não houve nenhum relaxamento. Esta equipe não perdeu o espírito de competição. Eu acredito que jogamos mal, não jogamos com a fluidez habitual. Não acho que, neste período após a Copa das Confederações, se tenha perdido a fome ou a ambição", afirmou o comandante da 'Roja', em entrevista coletiva.

Nos últimos quatro jogos pelas Eliminatórias, os chilenos perderam três vezes. A última, para a Bolívia por 1 a 0, em La Paz, deixou a seleção na sexta colocação, fora até da zona de repescagem, que obrigaria a um duelo com a Nova Zelândia, vencedora do torneio qualificatório da Oceania.

"Eu sei o que significa a derrota. Sei quais são as consequências que vêm de perder. Antes da Copa América Centenário, havia um ambiente parecido com o de agora", disse Pizzi, em referência ao título da competição continental, em 2016.

O Chile, sexto na tabela das Eliminatórias, com 23 pontos, receberá o Equador no dia 5 de outubro. Cinco dias depois, será a vez de enfrentar a já classificada seleção brasileira, no Allianz Parque, em São Paulo.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte