Topo

Esporte

Robben reclamou com dirigentes sobre treinos de Ancelotti, afirma revista

02/10/2017 11h55

Berlim, 2 out (EFE).- O meia-atacante holandês reclamou, pessoalmente, aos dirigentes do Bayern de Munique sobre a carga de treinos do técnico italiano Carlo Ancelotti, demitido na semana passada, afirmou nesta segunda-feira a revista "Kicker".

O camisa 10 do time bávaro, segundo a publicação, teria dito que o filho de 9 anos tinha atividades mais intensos na escolinha, do que ele e os companheiros, sob o comando do antigo treinador.

De acordo com a "Kicker", o descontentamento no Bayern com os métodos de Ancelotti surgiu ainda na última temporada. O volante espanhol Xabi Alonso e o lateral-direito alemão Philipp Lahm, ambos já aposentados, foram dois que reclamaram do técnico.

As queixas, também dirigidas ao preparador físico italiano Giovanni Mauri, também demitido na quinta-feira, aumentaram na pré-temporada, o que teria feito com que alguns jogadores começassem a procurar treinos fora do clube, o que teria sido proibido por Ancelotti.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte