Esporte

Argentina, Paraguai e Uruguai lançam candidatura à Copa do Mundo de 2030

04/10/2017 15h45

Buenos Aires, 4 out (EFE).- Os presidentes da Argentina, Mauricio Macri, do Paraguai, Horacio Cartes, e do Uruguai, Tabaré Vázquez, se reuniram nesta quarta-feira em Buenos Aires com o presidente da Fifa, Gianni Infantino, para apresentar uma candidatura conjunta para sediar a Copa do Mundo de 2030.

"Queríamos confirmar ao presidente Infantino nossa vocação. Se nos derem a oportunidade, seremos grandes anfitriões e organizaremos um grande Mundial. Se há algo que sobra nessa região do mundo é a paixão do torcedor pelo futebol", disse Macri em entrevista coletiva, ao lado de Vázquez e Cartes.

"Estamos falando de um Mundial de 48 equipes, esperamos repartir a tarefa. Estamos pensando, em princípio, em dois ou três estádios no Uruguai e no Paraguai, e de seis a oito na Argentina. Essa seria mais ou menos a distribuição", revelou Macri.

Macri também afirmou que a ideia surgiu de Várquez. Quando o presidente do Uruguai comentou com o colega argentino sobre a possibilidade de organizar o Mundial de maneira conjunta, Macri disse ter aceitado a proposta em "40 segundos".

"Quando perguntei a ele de incorporar o Paraguai, ele (Vázquez) também aceitou em 40 segundos. Não houve diferenças. Desde o início, o Uruguai gostou da participação do Paraguai porque dá mais potência à candidatura. Um Mundial de 48 equipes requer um grande esforço. Será bom dividi-lo", explicou o presidente argentino.

Também participou do almoço entre os três presidentes e Infantino o presidente da Conmebol, Alejandro Domínguez.

Vázquez disse ter ciência desde o começo da ideia que o Uruguai não tinha condições de organizar a Copa sozinho.

"Começamos a trabalhar com uma comissão bilateral com a Argentina. Posteriormente, surgiu a possibilidade de o Paraguai se integrar, esperávamos a confirmação do governo do Paraguai. Assim que eles confirmaram, não houve inconveniente", explicou.

Em 2030, a primeira edição da Copa do Mundo completará 100 anos. A final foi disputada em Montevidéu com vitória da seleção do Uruguai sobre a Argentina por 4 a 2.

"Nosso desejo é festejar os 100 anos do primeiro Campeonato Mundial de futebol, que foi um marco histórico. Quando muitas regiões do mundo tinham dificuldades para organizar esse primeiro torneio, a América do Sul disse sim e se propôs a organizá-lo aqui na bacia do Rio da Prata", lembrou Vázquez.

O presidente do Uruguai indicou que as distâncias entre os países não serão um problema e citou o Mundial de 2002, dividido entre Japão e Coreia do Sul. Outros exemplos foram países como os Estados Unidos e o Brasil, com grandes territórios, e que foram sedes.

"Acreditamos que nós merecemos ter um Mundial na região quando completarmos 100 anos daquele marco histórico", completou Vázquez.

Cartes, por sua vez, agradeceu a oportunidade dada por Argentina e Uruguai e também disse que o Paraguai nunca poderia organizar uma Copa do Mundo sozinho.

"Somente tenho a dizer em nome do povo paraguaio um muito obrigado por tanta generosidade e por darem a possibilidade ao Paraguai de sonhar e de ser parte deste sonho", destacou.

"Na primeira reunião, na primeira semana de novembro, determinaremos os lugares e outras questões", explicou Cartes.

Infantino fez uma viagem relâmpago à Argentina exatamente para conversar sobre a candidatura com os três presidentes. Antes da reunião, o presidente da Fifa visitou as instalações da Associação do Futebol Argentino (AFA) em Buenos Aires.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo