Topo

Esporte

Capitão diz que jogo contra Brasil pode ser seu último pela seleção em La Paz

04/10/2017 20h19

La Paz, 4 out (EFE).- O capitão da Bolívia, o zagueiro Ronald Raldes, revelou nesta quarta-feira que a partida de amanhã contra o Brasil, pela penúltima rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2018, pode ser a sua última pela seleção em La Paz.

"Tenho consciência, e já vinha falando isso, d que pode ser meu último jogo de Eliminatórias na cidade de La Paz. Isso é uma realidade", declarou Raldes em entrevista coletiva ao ser perguntado sobre seu futuro em 'La Verde'.

Contra a equipe pentacampeã mundial, o jogador de 36 anos chegará a 99 partidas pela Bolívia. A 100ª, e possivelmente última, será contra o Uruguai, em Montevidéu, na próxima terça.

"Aqui, o único problema são as poucas condições que nos dão. Acredito que se nos dessem um pouco mais, a metade das condições que outros países têm, a seleção poderia crescer", comentou o ex-jogador de Rosario Central e Cruz Azul, entre outros, e que atualmente esta no Bolívar.

Raldes já poderia ter chegado a 100 jogos com a camisa da seleção, mas, assim como o atacante Marcelo Moreno, ficou afastado por um ano, entre 2015 e 2016, por divergências com o técnico Julio César Baldevieso.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte