Esporte

Chile busca eliminar Equador em Santiago para entrar na zona de classificação

04/10/2017 17h14

Santiago (Chile), 4 out (EFE).- Em momento decisivo das Eliminatórias Sul-Americanas, as seleções de Chile e Equador se enfrentarão em Santiago nesta quinta-feira em partida que pode dar fim ao sonho dos equatorianos de se classificarem para a Copa do Mundo de 2018.

Atual sexto colocado, com 23 pontos, o Chile está a apenas um do Peru, que ocupa a quarta e última posição a garantir vaga direta no Mundial. Entre eles aparece a Argentina, com a mesma pontuação que a seleção peruana, mas que por enquanto disputaria a repescagem.

Uma vitória em casa na penúltima rodada seria fundamental para os chilenos, que enfrentarão o Brasil em São Paulo no último compromisso pelas Eliminatórias. No entanto, o técnico Juan Antonio Pizzi disse não se sentir pressionado por um resultado positivo na última partida da equipe diante da própria torcida.

"Eu não preciso me abstrair, fui criado neste ambiente, inclusive mais hostil. No futebol argentino é mais hostil que aqui. Fiz praticamente toda a minha carreira na Europa, conheço as pressões. Treinei e joguei nas maiores equipes do mundo. Sei a repercussão de tudo o que fazemos e não me surpreendo", comentou o técnico em coletiva de imprensa.

Para dificultar a missão chilena, Pizzi não poderá contar com uma peça importante do elenco, o volante Charles Aránguiz, que está lesionado. Pablo Hernández, que se recupera de uma lesão muscular, será o encarregado de organizar o meio de campo chileno com o apoio de Arturo Vidal e Francisco Silva, que tem um perfil mais defensivo.

A grande novidade no time pode ser a presença de Jorge Valdivia como ligação entre o meio e o ataque. Se isso for concretizado, será a primeira escalação do jogador do Colo Colo como titular de Pizzi.

Para o Equador, o duelo marcará a estreia do argentino Jorge Célico no comando do time e será encarado como um teste de fogo para um elenco que passou por uma profunda remodelação após saída do técnico Gustavo Quinteros.

Se quiser continuar a sonhar com a Rússia e depender apenas de si, a seleção equatoriana precisa vencer. Com 20 pontos, o Equador ocupa a oitava posição das Eliminatórias Sul-Americanas e estará fora da Copa do Mundo se perder nesta quinta-feira. Em caso de empate, a eliminação virá se Argentina e Peru também empatarem.

Na última rodada, a equipe treinada por Célico receberá a Argentina em outro duelo que pode definir a classificação para a Copa do Mundo de 2018.



Prováveis escalações:.

Chile: Bravo; Isla, Medel, Jara e Mena; Vidal, Hernández, Silva e Valdivia; Sánchez e Vargas. Técnico: Juan Antonio Pizzi.

Equador: Banguera; Velasco, Aimar, Arboleda e Ramírez; Antonio Valencia, Cevallos, Orejuela e Ibarra; Enner Valencia e Ordóñez. Técnico: Jorge Célico.

Árbitro: Sandro Meira Ricci (Brasil), auxiliado pelos compatriotas Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse.

Estádio: Monumental, em Santiago.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo