Esporte

Alemanha vence, mantém 100% de aproveitamento e se garante na Copa

05/10/2017 17h38

Belfast (Irlanda do Norte), 5 out (EFE).- Um empate já teria sido suficiente, mas a Alemanha conquistou nesta quinta-feira a nona vitória em nove jogos pelas Eliminatórias, desta vez sobre a Irlanda do Norte por 3 a 1, e garantiu presença na Copa do Mundo do ano que vem, na Rússia.

Única seleção com nove vitórias em nove rodadas, a atual campeã mundial foi a 27 pontos e já não pode mais ser alcançada no topo da tabela de classificação do grupo C. Os norte-irlandeses ao menos têm lugar assegurado na repescagem, já que são vice-líderes, com 19, contra 12 da República Tcheca, terceira.

A 'Mannschaft' abriu o placar logo com um minuto de jogo com um golaço. Depois de cruzamento da direita, a zaga afastou apenas parcialmente. Kimmich então dominou e rolou para trás. De primeira e de muito longe, Rudy acertou um lindo chute no ângulo esquerdo.

O segundo poderia ter acontecido aos 16, com mais uma assistência de Kimmich. O ala do Bayern de Munique cruzou da direita na cabeça de Sandro Wagner, que, no entanto, carimbou a trave.

O centroavante se redimiu quatro minutos depois e aumentou a vantagem dos visitantes. Müller tocou da direita e o centroavante não dominou bem, mas, mesmo com a bola mais distante, ajeitou o corpo e bateu firme no canto direito.

Com dois gols de frente, a Alemanha diminuiu o ritmo, mas a Irlanda do Norte pouco assustou. Aos 38, na única chance mais clara até então, Evans recebeu sozinho na área, mas parou em grande defesa de Ter Stegen, que vem substituindo Neur, machucado.

O segundo tempo começou com grande defesa do goleiro McGovern em cabeceio de Müller. Porém, quem achou que era um prenúncio de emoção na partida se enganou. A tetracampeã continuou levando o jogo em banho-maria, enquanto a equipe anfitriã tinha dificuldade na criação.

Washington, que entrara um pouco antes, quebrou a inércia aos 31 minutos. O atacante driblou Boateng na área, soltou a bomba e acertou a trave. A resposta da Alemanha foi dada aos 40, em grande estilo, com o terceiro gol. Grande nome do jogo, Kimmich deixou o seu pegando de primeira depois de cruzamento desviado de Hummels da esquerda.

A Irlanda do Norte descontou nos acréscimos, aos 47 minutos. Após cobrança de escanteio, McAuley desviou, Magennis aproveitou e, livre de marcação, completou para a rede.

Embora já estivesse eliminada, a República Tcheca assumiu a terceira posição, com 12 pontos, ao bater o Azerbaijão por 2 a 1 em Baku. O quarto lugar, com dez pontos e saldo melhor que dos azerbaijanos, é da Noruega, que foi a Serravalle e goleou San Marino por 8 a 0. Elyounoussi foi o grande nome do triunfo, com três bolas na rede.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais Esporte

Topo